Menu
SADER_FULL
domingo, 29 de março de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil tem maior índice de mulheres lecionando

13 Jul 2004 - 10h54
De cada 100 professores brasileiros em atividade, 83 são mulheres. O índice, que engloba a educação básica e superior, é o maior do mundo, de acordo com um levantamento realizado, em 2003, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) envolvendo 34 países. Mais próximo ao Brasil está Israel, onde 77,2% dos docentes são do sexo feminino. O menor índice foi verificado na Índia: 39,4%. O índice de mulheres lecionando faz parte de um conjunto de dados e propostas que o Ministério da Educação irá apresentar na 1ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres. O evento acontece a partir da próxima quinta-feira, 15, em Brasília. O estudo da OCDE, cujas informações brasileiras são fornecidas pelo Inep, mostra que em todos os países analisados as mulheres são maioria entre os professores da educação básica, e minoria, no nível superior. No Brasil, elas representam 92,6% dos docentes das primeiras séries do ensino fundamental e 40,8%, na educação superior.

 

 

Corumbá Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - ATENÇÃO COMÉRCIO
Em novo Decreto, confira o que vai poder abrir e permanecer fechando nesta segunda em Fátima do Sul
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Justiça suspende trecho decreto de Bolsonaro que livra igrejas de quarentena
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Senado votará na segunda auxílio de R$ 600 para trabalhadores
TRABALHO VOLUNTÁRIO
Detentas começam confeccionar máscara de proteção para atender Jateí, Vicentina e Fátima do Sul
COVID-19 NO BRASIL
Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde
PANDEMIA CORONAVIROS
São Paulo tem 68 mortos por coronavírus, média de uma a cada 2 horas e 20 minutos, e 1.223 casos
LINHA DE CRÉDITO
Governo lança pacote de R$ 40 bi para socorrer pequenas e médias empresas
AMOR AO PROXIMO
Xuxa vai doar R$ 1 milhão ao SUS para combate ao coronavírus
77 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 27 de março
REFORÇO
Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês ao trabalhador informal por conta do coronavírus