Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil poderá importar milho a partir de 2005

20 Set 2004 - 09h45
O Brasil, que chegou a exportar milho na safra deste ano, poderá ter de importar o grão a partir de 2005. O alerta foi feito durante o seminário Safra 2004/2005 - Mercados, Marketing e Alavancagem Financeira, promovido recentemente em São Paulo pela Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio, que reuniu especialistas, pesquisadores e agentes do agronegócio brasileiro e estimulou a discussão das tendências e oportunidades do agronegócio para o próximo ano.

De acordo com Paulo César Cau, diretor da área de sementes da Monsanto do Brasil, a área plantada de milho não cresce há vários anos e a previsão para a próxima safra é de nova redução (em torno de 3%) enquanto o consumo avança puxado pela forte expansão dos criatórios de frangos e suínos. Para ele, o cenário para o produtor de milho é agravado pela dificuldade de acesso ao crédito, além dos preços que não estimulam o plantio.
 
 
 
O Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem