Menu
SADER_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil faz 3 finais no Mundial de Natação

7 Out 2004 - 15h48

Rodrigo Castro, Joanna Maranhão e a equipe masculina do revezamento 4x100m nado livre se classificaram para as finais do Mundial de Natação de Indianápolis, de piscina curta (25 metros), que começam às 21h (horário de Brasília).

Rodrigo Castro conseguiu o sexto melhor tempo nas três baterias semifinais (1min47s11) da prova dos 200m nado livre. A melhor marca ficou com o canadense Richard Say, com 1min45s15. O norte-americano Michael Phelps, ganhador de seis medalhas de ouro em Atenas, ficou em segundo com 1min45s82.

O também norte-americano Ryan Lochte, ganhador da bateria disputada pelo brasileiro Rodrigo Castro, fez o terceiro tempo (1min46s26). Castro é o primeiro brasileiro garantido em uma final no Mundial de Natação de Indianápolis.

Já Joanna Maranhão conseguiu a vaga na final dos 400m medley, com o tempo de 4min45s18. Ele obteve a oitava melhor marca.

A equipe do revezamento, formada por Nicholas Santos, Cesar Cielo, Christiano Santos e Thiago Pereira, conseguiu o segundo melhor tempo geral, ficando atrás dos EUA. Eles fizeram 3min12s30 e chegam à final como favoritos a um lugar no pódio.

Nas semifinais

A equipe brasileira conseguiu também colocar cinco nadadores nas semifinais: Guilhermo Guido conseguiu se classificar para a semifinal dos 100m costas, mas tem poucas chances de disputar a final. Ele se garantiu com o 16º e último tempo: 54s14. O ganhador de sua bateria foi o alemão Thomas Rupratth, com 51s44.

Nos 100m peito, o Brasil conseguiu colocar dois nadadores na semifinal: Eduardo Fischer fez o sexto tempo (1min00s19), e Henrique Barbosa ficou logo atrás, com 1min00s22.

Marco Antônio Sapucaia foi o único brasileiro que conseguiu vaga na semifinal dos 100m borboleta.

Na prova dos 50m peito, Rebeca Gusmão conseguiu a classificação para a semifinal com o 12º melhor tempo das eliminatórias. Rebeca nadou em 32s49. A australiana Jade Edmistone, primeira colocada no geral e recordista mundial da prova, marcou 30s30.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DE 94
'Bebê do Tetra', na Copa de 94, filho do jogador Bebeto é pai pela primeira vez
VITIMA DA COVID 19
Rosane Gofman pede orações para a atriz Nicette Bruno, internada com Covid-19
EXECUÇÃO NA NOITE
Adolescente é chamado no portão de casa e morto a tiros em MT
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial é confirmado com valor médio de R$ 688; veja como e quem recebe
VACINA COVID 19
Vacinação contra a Covid-19: veja o que se sabe sobre o plano do Brasil e outros países
AUMENTO DE CASOS
Mortes por Covid tiveram queda menor em novembro do que em outubro, indicam secretarias de Saúde
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata mulher em boate e depois morre carbonizado em acidente
EXECUÇÃO
Noite de terror deixa um homem morto, mulher e criança baleadas
TENTATIVA DE SUICÍDIO
Mulher perde guarda dos filhos e tenta se jogar de viaduto
MORTA NA CAMA
Esteticista é esfaqueada dois dias após 'casar'; Polícia investiga o marido