Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 11 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil dá show contra a Bolívia, e lidera as eliminatórias

6 Set 2004 - 06h55
A Seleção Brasileira de futebol venceu a Bolívia por 3 a 1 e a desconfiança da torcida na volta ao estádio do Morumbi. Na última vez em que atuou em São Paulo, em novembro de 2000, o Brasil venceu a Colômbia por 1 a 0 e saiu de campo sob vaias e uma chuva de bandeiras.

Os gols da vitória foram marcados por Ronaldo, Ronaldinho (de pênalti) e Adriano, todos no primeiro tempo. Cristaldo descontou para a Bolívia no segundo tempo.

O Brasil soma agora 16 pontos e lidera as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2006. A Bolívia está na última colocação, com seis pontos.

Logo com um minuto de jogo, Ronaldo recebeu a bola de Edmílson dentro da pequena área e chutou com força para as redes. Era o que o treinador Carlos Alberto Parreira mais queria para acabar com uma possível retranca adversária.

A Bolívia não conseguiu corrigir seus erros defensivos e permitiu que a Seleção chegasse mais uma vez com perigo.

Aos 12min, Roberto Carlos cobrou falta e Roque Júnior dominou a bola dentro da área. Cristaldo se atirou na bola, mas acertou apenas o zagueiro brasileiro, que ganhou um pênalti. Ronaldinho cobrou no canto direito do goleiro e aumentou a vantagem para 2 a 0.

Encantada com o resultado, a exigente torcida paulista começou, aos 36min, a aplaudir e gritar olé quando os jogadores encostavam na bola.

Sem acertar nenhuma finalização em todo o primeiro tempo, a Bolívia não conseguiu também promover uma forte marcação e rapidamente sofreu mais um gol. Aos 44min, Adriano saltou alto na área e, de cabeça, desviou cruzamento de Ronaldinho para as redes.

No segundo tempo, Cristaldo se redimiu do erro. Aos 3min, ele chutou da entrada da área e a bola desviou na cabeça de Edmílson e entrou.

Depois do gol, a Bolívia passou a criar mais dificuldades para o Brasil chegar ao ataque. Mas Ronaldo, que tinha a torcida da namorada Daniela Cicarelli, estava disposto a marcar novamente.

Aos 29min, Roberto Carlos avançou pela esquerda e cruzou na área para seu companheiro de Real Madrid desviar com o joelho. O goleiro Fernandez fez boa defesa.

Mas o treinador Carlos Alberto Parreira estava disposto a fazer experiências. Com a vitória assegurada, mandou Robinho fazer sua estréia na Seleção Brasileira.

Ronaldo teve mais uma chance para aumentar o placar, aos 35min, do segundo tempo. Entrou na área em velocidade. Chutou em cima do goleiro. Três minutos depois, o artilheiro tabelou com Adriano e, em vez de chutar, perdeu mais uma oportunidade de fazer o quarto.

Aos 44min, Roque Júnior mandou a bola para as redes, após cobrança de escanteio. Mas o juiz apitou falta do zagueiro brasileiro, anulou o gol e não deixou que a torcida comemorasse mais uma vez.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍTIMAS DE COVID-19
Mãe de médico morre horas após o filho e dois dias após o pai, vítimas da covid
VÍTIMA DE COVID-19
Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro
CD TRIBUTO AO PADRE ZEZINHO
No ano em Padre Zezinho faz 79 anos, Manoel Caires lança seu primeiro CD 'Tributo ao Padre Zezinho'
PAGAMENTO DO AUXILIO
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Governo vai liberar mais 1,5 milhão de auxílios. Saiba como reclamar se o seu for negado
NÚMEROS DA ÚLTIMAS 24H
Os números da covid-19 no Brasil, atualizados diariamente
RECUPERAÇÃO
Dinho Ouro Preto revela sequelas após covid-19, ele já teve gripe suína e dengue
SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
BONITO - MS - REABERTURA COM SEGURANÇA
Hotel Águas de Bonito te espera com toda segurança e responsabilidade, bora pra Bonito (MS)?