Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 31 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Braga diz que adiamento é para evitar eleição de Dagoberto

1 Set 2007 - 09h58

O deputado estadual Antônio Braga (PDT) disse, ao chegar para a convenção municipal do partido, que o adiamento da eleição da executiva da sigla em Campo Grande é para evitar que o deputado federal Dagoberto Nogueira Filho (PDT/MS) seja reeleito presidente municipal da legenda na Capital. “Nós não queremos que ele seja o presidente, pois o Dagoberto é um deputado federal que tem muitos compromissos aí fora. Teve 100 mil votos e precisa atender seus eleitores e não querer ficar determinando o que o partido tem de fazer no município, isso é trabalho dos nossos vereadores”, disparou.

Segundo Braga, o Diretório Municipal do PDT em Campo Grande sempre teve uma grande rotatividade com o ex-deputado estadual Loester Nunes comandando por dois anos e depois passando para ele, que também ficou dois anos, e depois Dagoberto que está há dois anos no cargo. “O correto agora é ele dar oportunidade a outro”, sugeriu o deputado estadual, completando que, quanto à candidatura de Dagoberto a prefeito da Capital, ela pode até acontecer, “mas se for para ele mandar no partido, eu e muitos outros estamos fora”.

 

´Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia