Menu
SADER_FULL
terça, 9 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Bombeiros de MS aguardam confirmação para irem ao Haiti

20 Jan 2010 - 09h55Por MS Notícias

Três bombeiros de Mato Grosso do Sul integram um grupo de 53 militares brasileiros designados para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti. Os militares designados devem atuar nos serviços de busca, separação de corpos e escombros, dentre outras ações.

Os três bombeiros confirmados aqui do Estado são o subtenente Carlos Alberto Ladislau dos Santos, de Campo Grande; o sargento José Carlos Rosa, de Coxim; e o cabo Paulo Cezar de Almeida, de Maracaju. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, os militares já estavam em Brasília desde agosto de 2009 em um treinamento para integrar o grupo de busca e salvamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que estava previsto para terminar em 30 de dezembro do mesmo na. Em conseqüência do terremoto os militares já estão de prontidão, na espera pela convocação da Diretoria Nacional de Segurança Publica.

De acordo com a corporação, os militares são instruídos sobre técnicas de abordagens e patrulha, socorros de urgência, direitos humanos, armas de fogo, agentes químicos, munição não-letal e gerenciamento de situação de alto risco. Segundo o comandante Ociel Ortiz Elias, os bombeiros designados estão devidamente preparados para essa missão e estão prontos para representar o estado de Mato Grosso do Sul.

Histórico

O subtenente Ladislau, nascido em 18 de agosto de 1969, em Campo Grande, ingressou no Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) em 03 de agosto de 1993, onde começou sua carreira na corporação. Em 1997, frequentou o Curso de Formação de Sargentos e em setembro de 2006, foi promovido a subtenente na corporação. Ele possui curso de Especialização em Salvamento pelo Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará, Curso de Atendimento Pré-hospitalar no CBMMS, Curso de Tiro Defensivo pela Força Nacional de Segurança Publica, Curso de Sistema de Controle de Incidentes, Curso de Primeira Resposta com acidentes de Produtos Perigosos, Curso de Salvamento em Alturas no CBMDF, Curso de Combate a Incêndio Florestal pela Força Nacional, Curso de Salvamento com Aeronave, pela Força Nacional, Curso de APH Tático, pela Força Nacional, Curso de Análise de Risco pela Força Nacional.

O sargento José Carlos, nascido em 16 de junho de 1975, em Rio Verde de Mato Grosso-MS, ingressou no CBMMS em 3 de agosto de 1998, onde começou sua carreira na corporação. Em 2006, foi promovido a 3º Sargento na corporação. Possui Curso de Mergulho Autônomo, no CBMMS, Curso de Resgate, no CBMMS, Curso de Sistema de Controle de Incidentes, Curso de Primeira Resposta com acidentes de Produtos Perigosos, Curso de Salvamento em Alturas no CBMDF, Curso de Combate a Incêndio Florestal, pela Força Naconal, Curso de Salvamento com Aeronave, pela Força Nacional, Curso de APH Tático, pela Força Nacional, Curso de Salvamento Aquático no CBMDF.

O Cabo De Almeida, nascido em 2 de março de 1969, ingressou na corporação em 28 de fevereiro de 1994, atualmente trabalhando na cidade de Maracaju. Possui os cursos de Sistema de Controle de Incidentes, Curso de APH Tático, pela Força Nacional, Curso de Combate a Incêndio Florestal, Curso de Sistema de Controle de Incidentes, Curso de Análise de Risco pela Força Nacional, Curso de Paraquedismo, Curso de Defesa Civil.

Leia Também

TENTATIVA DE ASSASSINATO
Coroinha é esfaqueado no pescoço durante missa em igreja
AUXILIO CAMINHONEIRO
Caixa libera consulta ao Auxílio Caminhoneiro
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casal que adotou 3 irmãos autistas vítimas de maus-tratos comove internautas
DESUMANIDADE
Polícia interdita casa de repouso por tortura e sequestro de idosos
DENUNCIADO POR VIZINHOS
Mãe e filho são executados e corpos escondidos dentro de sofá velho jogado em lote baldio
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel