Menu
SADER_FULL
domingo, 7 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Bolsa Família não deve ter reajuste em 2011, afirma Governo Federal

1 Set 2010 - 06h21Por Terra
O governo federal informou que não há previsão de reajuste para os benefícios do Bolsa Família para 2011. Mesmo assim, o Orçamento Geral da União projeta crescimento de 2,1% nas despesas globais do programa, o menor aumento desde a sua criação, em 2003.

 

Segundo o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, a estimativa de aumento das despesas acontece por causa da mudança perfil de algumas famílias. "Em alguns casos, as famílias passam a ser enquadradas em novo perfil e recebem mais. Esse é o único aumento que o orçamento contempla".

De acordo com a proposta enviada hoje ao Congresso Nacional, os gastos com o Bolsa Família passarão de R$ 13,119 bilhões para R$ 13,4 bilhões. O total de famílias atendidas continuará em 12,7 mil.

O ministro, no entanto, ressaltou que o sucessor de Luiz Inácio Lula da Silva poderá alterar a previsão de gastos com o Bolsa Família. Segundo ele, ficará a critério do próximo presidente da República aumentar o número de famílias atendidas ou reajustar o valor do benefício.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino
COVID NO BRASIL
Brasil registra 265 novas mortes por Covid nas últimas 24 horas
CONFUSÃO DE TORCIDAS
Briga entre torcida do Flamengo e Corinthians deixa feridos em Campo Grande; veja vídeos
PREOCUPANTE
Covid-19: Brasil registra 295 óbitos e 34,4 mil casos em 24 horas
SOB INVESTIGAÇÃO
Brasileiro e estudante de medicina é encontrado morto em carro na fronteira
MILAGRE DA MEDICINA
Siameses brasileiros unidos pelo crânio são separados após 9 cirurgias