Menu
SADER_FULL
quinta, 13 de maio de 2021
Busca
Brasil

BNDES vai desembolsar R$ 8,5 bilhões na safra 2004/2005

12 Ago 2004 - 10h57
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai desembolsar R$ 8,5 bilhões nos programas de financiamento da safra 2004/2005, que teve início em 1º de julho deste ano e vai até 30 de junho de 2005. O valor deve superar em 21% as liberações efetuadas na safra anterior. Os pedidos devem começar a chegar ao banco a partir do dia 23 de agosto, repassados pelos agentes financeiros, revelou o BNDES.

O principal programa do banco para o setor agrícola, o Moderfrota, teve um aumento de 144% no orçamento em comparação ao da safra 2003/2004, alcançando R$ 5,5 bilhões. O Moderfrota financia a compra de tratores e implementos agrícolas associados, colheitadeiras e equipamentos, e máquinas para preparo, secagem e beneficiamento de café.

Segundo informou o BNDES, os financiamentos para o setor agropecuário têm taxas fixas e encargos financeiros equalizados pelo Tesouro Nacional. As condições são determinadas por meio de resoluções do Banco Central, sendo a operacionalização efetuada pelo BNDES.

À exceção do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que é gerido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, os demais programas agrícolas estão sob a coordenação do Ministério da Agricultura.

O Programa de Modernização da Agricultura e Conservação de Recursos Naturais (Moderagro), criado para estimular a correção de solos e a recuperação de áreas degradadas, vai receber R$ 900 milhões, com acréscimo de 7% sobre as verbas do ano-safra anterior.

Já o Programa de Incentivo à Irrigação e à Armazenagem (Moderinfra) tem orçamento de R$ 700 milhões para apoio econômico e ambiental ao desenvolvimento da agropecuária irrigada sustentável. O crescimento é de 40% sobre o orçamento passado.

Para o Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop), cujo objetivo é estimular a competitividade agroindustrial das cooperativas brasileiras, devem ser liberados R$ 550 milhões. O crescimento previsto em comparação ao ano safra 2003/2004 é de 22%.

O Programa de Desenvolvimento do Agronegócio (Prodeagro) vai ter R$ 200 milhões. O programa tem como objetivo apoiar os setores de apicultura, aqüicultura, avicultura, floricultura, ovinocaprinocultura, sericicultura (bicho-da-seda), suinocultura e ranicultura.

Para o Programa de Plantio Comercial e Recuperação de Florestas (Propflora), que se destina a financiar a implantação e a manutenção de florestas de uso industrial, vão ser liberados R$ 50 milhões.

O Programa de Desenvolvimento da Fruticultura (Prodefruta), que apóia o desenvolvimento da fruticultura nacional, vai receber R$ 200 milhões, aumento de 122% em relação aos recursos da safra passada.

Para o Pronaf, o orçamento estimado no âmbito do BNDES é de R$ 170,5 milhões, com aumento de verbas de 70,5%. O programa presta apoio financeiro às atividades desenvolvidas pelo pequeno produtor rural e sua família.

O financiamento do setor agrícola pelo BNDES inclui ainda a Linha Especial de Financiamento Agrícola do banco para outros tipos de máquinas e equipamentos não abrangidos pelo programa Moderfrota. Essa Linha Especial vai ter desembolsos de R$ 300 milhões para o novo ano-safra e não conta com a equalização dos encargos financeiros pelo Tesouro.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul