Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 2 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

BNDES beneficia PT em empréstimos a cidades

12 Jul 2004 - 09h25
O IV Simpósio de Arroz Irrigado promovido pela Aearb (Associação dos Engenheiros Agrônomos) de Rio Brilhante, realizado sexta-feira e sábado, atraiu centenas de produtores, técnicos do setor e demais envolvidos na área.
Segundo o presidente da Aearb, Sidnei Tambosi, a expectativa de 150 participantes foi superada com a presença de 325 inscritos de todo o Estado e do Paraná. “Tivemos a satisfação de receber produtores de grandes, médias e pequenas áreas, todos com o mesmo interesse em adquirir conhecimentos para melhorarem sua produção”, comentou.
O objetivo do simpósio foi difundir a tecnologia da cultura com a realização de palestras e debates, uma grande oportunidade para serem discutidas as necessidades e potencialidades da cultura. O agricultor Roni Aléssio disse que as palestras foram muito proveitosas, abrangendo amplos aspectos da cultura. “Achei muito interessante às informações que recebemos principalmente sobre comercialização, potencialidades para alta produtividade e controle de doenças e pragas”, afirmou.
Para o secretário municipal de Desenvolvimento, Natal José Marchioro, Rio Brilhante mais uma vez mostrou sua capacidade de promover grandes eventos tecnológicos. “A qualidade dos palestrantes e a presença maciça dos orizicultores do Mato Grosso do Sul definem o êxito deste quarto simpósio”, destacou Marchioro.
PALESTRAS
Foram abordados os mais variados temas como potencialidades de Rio Brilhante para a cultura, política estadual, cobrança, legalização e conservação da água para irrigação, tendências de mercado, pragas e doenças, adubação para altas produtividades e transgenia.
Entre os palestrantes estavam o secretário de Estado de Produção e Turismo, José Antonio Felício; secretário municipal de Desenvolvimento, Natal José Marchioro; Cláudio Ritti Itaborahy, especialista em recursos hídricos da Superintendência de Conservação de Água e Solo da Associação Nacional de Águas (DF); Eder João Pozebom, especialista em recursos hídricos da ANA (DF); Marco Aurélio Tavares, consultor (RS); Ênio Marchesan do Centro de Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Maria (RS) e Hector Ramirez, do Instituto Riograndense do Arroz (RS); Ronaldir Knoblauch da Empresa de Pesquisa Agropecuária (SC).
O encontro contou com o apoio da Prefeitura Municipal, Sindicato Rural de Rio Brilhante, Seprotur, Crea, Delegacia Federal de Agricultura e Embrapa-CPAO, além das empresas Basf, Ihara, Sementes San Francisco e Syngenta Seeds.
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Câmara dos Deputados aprova em primeiro turno adiamento das eleições municipais de 2020
100 INTERMEDIÁRIO
Venda direta de etanol das usinas para postos pode aumentar concorrência, diz Bolsonaro
CICLONE BOMBA NO BRASIL
CICLONE BOMBA: Sobe para 10 o número de mortos no Sul do país, VEJA OS ESTRAGOS
FURIA DA NATUREZA
Ao menos nove pessoas morreram devido a ciclone que atingiu Região Sul
NOTÍCIA BOA - BORA COMPARTILHAR
Teste de vacina de COVID-19 funciona e Pfizer pode produzir 1 bi de doses
FÁTIMA DO SUL - INAUGURADO
Fátima do Sul é a escolhida para a 4ª Unidade do Posto Alvorada que comemora 20 anos de sucesso
COVID-19
Brasil tem 1.409.693 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h
TORMENTA
Tempestade e ventos fortes causam destruição em cidade: “Parece filme de terror”
DIDI
Renato Aragão deixa a Globo, após 44 anos
+ 1.200 REAIS
Governo vai aceitar pagar mais duas parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial