Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de abril de 2021
Busca
Brasil

Bloqueador de celular em presídio pode ser disciplinado

16 Jul 2004 - 14h25
Está na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática o Projeto de Lei 3645/04, que disciplinando as regras para instalação de bloqueador de celulares em presídios, casas de detenção, penitenciárias, cadeias e distritos policiais. Pelo projeto, que altera o artigo quarto da Lei 10792/03, a antena usada no bloqueio de sinais deverá ser certificada e homologada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A potência entregue pelo transmissor à antena deve ser a mínima necessária à realização efetiva do bloqueio e as faixas estarão as previstas nos regulamentos de canalização e condições de uso das faixas de radiofreqüências utilizadas para acesso a serviços de telecomunicações.
O autor do projeto, deputado Carlos Nader (PFL-RJ), afirma que o crescimento da utilização dos celulares pré-pagos tem motivado a realização de inúmeras ocorrências policiais lamentáveis, entre elas, a de seqüestros, a de formação e comando de quadrilhas.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas