Menu
SADER_FULL
quarta, 25 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
Brasil

Bingos de Dourados devem voltar ao funcionamento

29 Jun 2004 - 16h07
O Bingo Clube 21, com sede em Corumbá e filial em Dourados, devem voltar a funcionar depois da decisão do desembargador José Carlos Brandes Garcia, no último dia 25 de junho. Ele concedeu liminar favorável para que as empresas voltem a funcionar na cidade.

De acordo com o advogado que representa o Bingo 21, José Bijos Júnior disse que a alegação do mandado de segurança impetrado pela empresa na justiça, foi o mesmo usado para a concessão da reabertura do Bingo Cidade em Campo Grande.

Na época, o mandado de segurança considerava que a Medida Provisória impedindo a reabertura das empresas era inconstitucional. “A atividade que estava proibida já foi até arquivada pelo Senado. Não tem porque as empresas não funcionarem de novo”, afirmou.
 
RMT On Line 

Os bingos fecharam no mês de fevereiro, assim que foi publicada a medida provisória, que já foi derrubada pelo Senado, proibindo a atividade em todo o País.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Zezé Di Camargo canta durante velório do pai, Francisco Camargo, em Goiânia  Foto: Vítor Santana G1 TRISTE PARTIDA
Zezé Di Camargo toca sanfona e canta 'É o Amor' durante velório do pai
LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo
LUTO NA MÚSICA
Morre, aos 83 anos, Seu Francisco, pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano
LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
ALTA NO PREÇO
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"
CORONAVIRUS
UFPR confirma que dois cachorros testam positivo para coronavirus