Menu
SADER_FULL
quinta, 13 de maio de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Bernardinho se irrita e põe fim a impasse sobre prêmio

13 Ago 2004 - 17h27
Bastante irritado, o técnico Bernardinho deu nesta quinta sua versão sobre a discordância de alguns jogadores da seleção masculina sobre a premiação oferecida pela Confederação Brasileira de Vôlei à equipe no caso da conquista da medalha de ouro em Atenas.

"Houve um pedido [dos jogadores], houve uma proposta [da CBV], a proposta foi aceita. Ponto. E basta. Ninguém aqui está preocupado com isso."

Na quarta, o levantador Ricardinho e os pontas Giovane e Nalbert deram versões diferentes sobre o assunto. O último, que negociou com a CBV, disse que o prêmio viria da renda de seis amistosos ainda a serem marcados --haveria o impasse em relação às datas, devido ao calendário apertado.

Ricardinho afirmou que os atletas ainda fariam uma contraproposta à entidade, e Giovane, que tudo já estava certo.

A maior preocupação de Bernardinho para esta Olimpíada era evitar que seu time perdesse "o foco", tirasse a cabeça da quadra.

"Se formos mal, vão dizer: 'Estavam pensando no dinheiro'. Se formos bem, vão jogar para cima. Se formos mal, vão meter o pau", disse ele aos jornalistas após o treino. "Vocês criam os mitos, depois destroem os mitos."

O presidente da CBV, Ary Graça Filho, não foi localizado nesta quinta pela reportagem da Folha.

A seleção, que com Bernardinho foi campeã mundial em 2002 e conquistou três Ligas Mundiais (2001, 2003 e 2004), começa a busca pelo bi olímpico às 10h de domingo, contra a Austrália.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul