Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 8 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Bebês prematuros devem ser imunizados contra os vírus do inverno

27 Jul 2010 - 16h10Por Dourados News
Campanha criada pela SBIM (Sociedade Brasileira de Imunizações) tem o objetivo de informar aos profissionais da saúde, com o intuito de promover a adequada imunização de bebês prematuros, justamente no período de maior risco para disseminação de doenças respiratórias que costumam ser mais graves em prematuros

Seis em cada 100 bebês nascidos no Brasil são gerados antes de completar o período ideal de 37 a 40 semanas dentro do ventre materno. Dos que nascem com idade gestacional inferior a 35 semanas, cerca de 15% são hospitalizados pelo VSR. O Vírus Sincicial Respiratório, pouco conhecido pela maioria das pessoas -- principalmente se comparado ao enorme espaço dedicado pela opinião pública a outras viroses como o H1N1 e o vírus da Dengue - é o principal agente de infecções respiratórias em crianças menores de um ano de idade.

Em bebês prematuros, o risco de complicações e a taxa de hospitalização em decorrência da infecção pelo VSR é 10 vezes maior do que naqueles nascidos de gestações completas. Apesar da doença não ser de notificação compulsória, estima-se um crescente aumento do número de caso de bronquiolite, principal manifestação clínica da infecção pelo VSR.

"O VSR é o principal responsável pela hospitalização de bebês prematuros no primeiro ano de vida", alerta o neonatologista Renato Kfouri, diretor da SBIM, um dos mentores da Campanha "Prematuro Imunizado é Prematuro Protegido", lançada este mês no Brasil como iniciativa inédita no mundo. O Instituto Abrace (ONG formada por mães de prematuros) e a Abbott apóiam a iniciativa.

A falta de uma adequada orientação sobre a imunização de bebês prematuros foi preponderante para motivar a organização de um calendário específico e inédito em todo o mundo, para conscientizar e mobilizar toda a comunidade envolvida na assistência a esses pequenos pacientes de risco.

O objetivo é alertar tanto a comunidade médica, pais e cuidadores de bebês, como toda a população, sobre a importância e os benefícios do calendário de vacinação específico para os prematuros, que é diferente do calendário dos bebês que nascem no tempo normal. O Dr. Kfouri alerta, inclusive, para a importância da vacinação das pessoas envolvidas com os cuidados do bebê contra algumas das doenças previstas no calendário.

A proteção contra o VSR é indicada durante os meses de maior circulação do vírus que vai de março a setembro (devem ser aplicadas cinco doses ao longo de cinco meses). A campanha orienta ainda sobre a forma e periodicidade de imunização contra doenças como tuberculose, hepatite B, pneumonia, gripe, poliomielite, diarréia pelo rotavírus e as enfermidades cobertas pela vacina tríplice (tétano, difteria e coqueluche).

A orientação ora lançada pretende envolver todos os estados brasileiros durante os próximos meses, época de maior risco de proliferação das viroses respiratórias. O calendário completo de imunização do prematuro por ser conhecido no site: www.prematuroimunizado.com.br

Sobre a SBIM
A Associação Brasileira de Imunizações (SBIM) nasceu como entidade apta a promover o agregamento das comunidades envolvidas com temas ligados a imunização e prevenção de infecções, promovendo a mobilização em prol da saúde, o respeito à ética, produção de normas, elaboração de regulamentos e trabalhos destinados a ampliar ações úteis à saúde pública.

A SBIM se empenha em levar o conceito de vacinas para o profissional de saúde e toda a comunidade.

Leia Também

VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casal que adotou 3 irmãos autistas vítimas de maus-tratos comove internautas
DESUMANIDADE
Polícia interdita casa de repouso por tortura e sequestro de idosos
DENUNCIADO POR VIZINHOS
Mãe e filho são executados e corpos escondidos dentro de sofá velho jogado em lote baldio
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino