Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
Busca
Brasil

"BBB 11": Maurício é eliminado com 50,81% dos votos

26 Jan 2011 - 10h30Por Terra

Maurício foi o segundo eliminado da casa do BBB 11, com 50,81% dos votos. Bial anunciou a decisão do público nesta terça-feira (25).A votação foi uma das mais apertadas do programa.

Na casa, os brothers receberam a notícia com comoção. O brother saiu do reality show e foi direto para os braços de sua família, que o esperava na plateia da torcida.

No início do programa, o apresentador relembrou a amizade de Diogo e Mau-Mau e permitiu que ambos vissem imagens de suas famílias e amigos na plateia.

No domingo (22), Mauricio foi enviado à berlinda pelo voto da líder Natalia, enquanto Diogo recebeu votos da casa, empatando com Michelly. Natalia desempatou a eleição, colocando o coreógrafo no Paredão.

Esta é a segunda baixa do programa. Na primeira semana, a sister Ariadna foi a primeira eliminada depois de enfrentar Lucival e Janaina no Paredão de estreia.

Quase famosos

Uma animação no programa de ontem lembrou que Daniel e Lucival estão sempre "tricotando" e criticando os demais brothers.

Daniel já reclamou da gagueira de Diogo: "não acho que seja natural" e da quantidade de gírias ditas por Igor. Lucival, por sua vez, criticou a ingenuidade de Maria, que não consegue compreender a maioria das piadas contadas pelos brothers.

A mudança de Paulinha

Na brincadeira de segunda-feira (24) à noite, os brothers precisavam dizer, em voz alta, em quem menos confiavam na casa. Diogo foi o mais votado e teve o direito de optar se mudaria para o Lado B ou se trocaria dois brothers de casa. O coreógrafo resolveu enviar Paulinha para o duplex e trazer Rodrigão para o grupo laranja, que está morando na casa de luxo.

O reality show destacou diversas cenas da sister chateada pela troca de equipe e pela escassez de alimentos. Paula chorou bastante. Ela foi uma das sisters que colaborou para que Diogo fosse parar no Paredão e confirmou essa informação para o brother. Sentindo-se traído, o baiano a chamou para uma conversa para tentar esclarecer as coisas. "Tive motivos para votar em você, porque no primeiro dia de programa, você votou em mim também", esclareceu a sister.

Diogo ficou ainda mais aborrecido com Paula: "você me chamava de irmão. Se eu voltar do Paredão, tudo vai ser diferente", ameaçou. Paula questionou se ele a enviaria à berlinda e o brother confirmou que sua vingança foi colocá-la no Lado B.

A sister também não se adaptou completamente ao duplex, tanto que não quis almoçar e passou o dia se alimentando com pão e biscoitos.

Já Rodrigão, comentou que apreciou a troca de residência, pois, no Lado A a alimentação é mais farta e variada. "Vou poder me aproximar mais da galera também", destacou.

Sabotador

A falsa mensagem do sabotador, na noite de segunda-feira (24), deixou os brothers intrigados. Todos discutiram sobre a possível identidade do trapaceiro.

Diogo chegou a ir ao confessionário acusar Diana de ser a nova sabotadora. Rodrigo também desconfiou da sister e, Maria e Tatá confirmaram suspeitar que a sister seria capaz de trair o Lado B.

Diana destacou que não é a sabotadora e que não trairia seus companheiros, em relação à comida, por causa de R$ 10 mil. "Eu pensaria muito antes de fazer algo", declarou.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas