Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 13 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Bastos defende resoluções da CPI da pirataria

13 Ago 2004 - 07h05
As operadoras de saúde, representadas pela Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e Capitalização (Fenaseg) e pela Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge), rejeitaram hoje a proposta da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP) de transformar os contratos anteriores a 1999 em contratos novos mediante reajuste de 15%.

Depois da adaptação, os contratos receberiam ainda um reajuste adicional de 11,75% proposto pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o que resultaria num reajuste total de 26,75% para todos os contratos.

As partes se reuniram hoje, em São Paulo, para tentar dar fim ao impasse das operadoras em relação ao reajuste de mensalidades. A Fenaseg alegou, durante a reunião, que uma solução linear para todos os segurados é inviável.

Enquanto isso, médicos de 18 estados continuam cobrando diretamente a consulta, realizando o chamado "atendimento por reembolso". Em São Paulo, mais de 800 médicos da capital suspenderam o atendimento às seguradoras no dia 30 de julho.

Uma nova reunião está prevista para a próxima quinta-feira (19) entre representantes das operadoras de saúde e a OAB-SP para tentar chegar a um acordo.
----
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo de quinta-feira 13 de agosto de 2020
FÁTIMA DO SUL - VAMOS ADOTAR UM PET
Oi eu sou a Maya!, você não quer me adotar?, veja como fazer a adoção pela ONG em Fátima do Sul
FATALIDADE
Adolescente morre após encostar em carregador que estava na tomada
BORA PRA BONITO - MS
Os 10 melhores passeios em Bonito, Mato Grosso do Sul
COVID-19
Em sessão remota, Eduardo Rocha pede um minuto de silêncio pelas mais de 100 mil mortes por covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho nesta quarta-feira
HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo desta quarta-feira 12 de agosto de 2020
DEU RUIM - OZONIOTERAPIA
COVID: Deputada que apoia aplicação de ozônio no combate ao coronavírus é internada com covid-19
VÍTIMA CORONAVÍRUS
CORONAVÍRUS: Médica de 29 anos perde a vida para a covid-19 após ficar quase 30 dias da UTI
BRASIL - 102.034 MORTES
Brasil confirmou 102.034 mortes e contabiliza 3.068.138 infectados pela Covid-19.