Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 7 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Barreiras argentinas pode gerar demissões no Brasil

7 Jul 2004 - 09h20
A decisão da Argentina de impor barreiras à importação de eletroeletrônicos brasileiros pode levar à demissão 1,0 mil trabalhadores e o fechamento de pelos menos uma fábrica no Brasil.

A projeção é da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), que reúne as 28 principais empresas brasileiras do setor. A Argentina responde por cerca de 26% das exportações de fogões, refrigeradores e lavadoras de roupa.

Preocupados, representantes do setor protestam e afirmam que trata-se de mais uma medida protecionista do parceiro do Brasil no Mercosul. Segundo o presidente da Eletros, Paulo Saab, “as medidas são injustificáveis e ferem as regras de livre comércio estabelecidas no âmbito do Mercosul, caracterizando uma lamentável posição de protecionismo argentino".

Segundo informou a assesoria da entidade, o setor aguarda o comunicado oficial do governo argentino sobre as medidas, para avaliar melhor a extensão do impacto. A Eletros também lamenta a interrupção de um processo de conversações que os fabricantes dos dois países vinham realizando desde o inicio do ano, com monitoramento dos respectivos governos, diz o comunicado.

O objetivo das discussões “era chegar a um consenso em relação à intenção dos empresários argentinos, manifestada em setembro de 2003, de querer restringir as vendas brasileiras sob a alegação de prática de políticas de subsídios às exportações por parte do Brasil”, alegam os dirigentes da Eletros, considerando as alegações argentinas infundadas.

A entidade infiorma que o Brasil exportou para a Argentina, no ano passado, cerca de 500 mil unidades de fogões, lavadoras e refrigeradores - um total de US$ 68 milhões - número bem superior aos registrados em 2002, quando as vendas caíram drasticamente em função da recessão econômica daquele país.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem
ENTREVISTA NO SBT
Roberto Cabrini traz entrevista exclusiva com Frederick Wassef nesta segunda
100 AULAS
Ensino Público vive "apagão" na pandemia com alunos sem acesso às aulas on-line
BRASIL - 64.909 MORTES
País soma 1.604.683 casos confirmados de Covid-19 e 64.909 mortes pela doença.
VACINA CONTRA COVID-19
Dose da vacina contra a Covid-19 poderá custar R$ 22
APLICATIVO - TECNOLOGIA
Como a Binomo Funciona no Modo App Em 130 Países, Inclusive para Residentes Brasileiros