Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Bancos esperam que juros cheguem a 12,25% até abril

4 Fev 2011 - 13h54Por Agência Brasil

As instituições financeiras estimam que a taxa básica de juros (Selic) deve subir, pelo menos, mais um ponto percentual e fechar 2011 em 12,25% ao ano, segundo pesquisa divulgada ontem (3) pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A expectativa dos 33 analistas ouvidos pela Febraban é que haja um aumento de 0,5 ponto percentual da taxa Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, em março, e outro aumento igual na reunião seguinte, em abril. A Selic está fixada em 11,25%.

Apesar da previsão de aumento dos juros, o economista-chefe da Febraban, Rubens Sardenberg, acredita que o custo do crédito ao consumidor pode cair caso o governo federal faça um ajuste fiscal.

Essas medidas evitariam, na avaliação do economista, interferências do Banco Central na economia para combater a inflação.

No fim do ano passado, o Banco Central elevou os depósitos compulsórios e retirou de circulação R$ 61 bilhões, diminuindo a quantidade de recursos disponível para empréstimos.

Para 61% dos analistas que participaram do estudo da Febraban, ainda não foi possível saber o impacto da elevação dos depósitos compulsórios nos preços e no mercado de crédito.

De acordo com Sardenberg, as ações do governo para controlar as despesas também determinarão como será o comportamento da inflação nos próximos meses. Essa também foi a opinião de metade dos analistas ouvidos na pesquisa da federação.

O economista ressaltou que o cenário internacional deve pressionar os preços no mercado interno, refletindo a elevação dos preços das commodities (produtos básicos cotados internacionalmente) e a recuperação das economias da Europa e dos Estados Unidos.

Segundo a pesquisa da Febraban, a expectativa é que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fique em 5,5% em 2011, acima da previsão feita em dezembro, de 5,2%.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o setor financeiro espera crescimento de 4,6% em 2011 e 4,5% em 2012.

Para o câmbio, a previsão é que, em dezembro, o preço do dólar chegue a R$ 1,75. Hoje (3), o dólar comercial fechou em R$ 1,67

Deixe seu Comentário

Leia Também

REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro