Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Bancos antecipam 13º salário a clientes

12 Jul 2004 - 13h36
Alguns bancos já estão antecipando o 13º salário que os trabalhadores receberiam apenas no fim de novembro (primeira parcela) e até 20 de dezembro (segunda parcela). A linha de crédito especial aberta pelos bancos permite que o trabalhador antecipe valores que vão de 50% a 85% do valor da bonificação de Natal. O juro cobrado pelo empréstimo nessa modalidade varia de 3,41% a 4,30% ao mês.

Uma das exigências para adiantar o recebimento do 13º salário é que o trabalhador tenha conta-salário no banco que oferta o crédito. A Caixa Econômica Federal abriu esse tipo de empréstimo também para aposentados e pensionistas do INSS que recebem os benefícios em conta da instituição.

Embora cada banco tenha definido valores mínimos e máximos para empréstimo, isso não significa que todos os correntistas terão acesso ao valor-teto. A liberação de crédito leva em conta a renda do trabalhador e sua capacidade de pagamento.

Em alguns bancos, como o Itaú, o pagamento do empréstimo será feito em apenas uma parcela, mediante débito automático em 20 de dezembro, data em que vence o prazo para que as empresas depositem na conta do funcionário a segunda parcela do 13º salário. Em outros, como o Real, se o assalariado for receber o 13º salário em duas parcelas, o empréstimo também será liquidado em duas vezes.

Embora, em geral, o trabalhador receba a primeira parcela do 13º salário em 30 de novembro, muitos embolsam o valor antes, quando entram em férias. Nesse caso, terão direito apenas à segunda parcela, em 20 de dezembro.

Vale a pena?

Na análise do professor de matemática financeira José Dutra Vieira Sobrinho, o recebimento antecipado do 13º salário, via empréstimo de bancos, é interessante apenas para quem pretende quitar débitos com taxas de juro mais elevadas, como as do cheque especial e do cartão de crédito, que em alguns bancos beiram a casa de 8% e 11% ao mês, respectivamente. Isso é vantajoso, na medida em que o trabalhador estará trocando uma dívida mais cara por outra mais barata.

Pelos cálculos de Dutra, alguém que tenha um salário de R$ 3 mil e antecipe neste mês 80% desse valor (R$ 2.400), pagando o juro mais baixo, de 3,41% ao mês, vai devolver ao banco, em 20 de dezembro, um total de R$ 2.838; se o empréstimo for concedido pelo juro mais elevado, de 4,30% ao ano, terá de pagar R$ 2.962 ao banco. Nesse caso, não vai sobrar quase nada, se depender apenas do 13º salário, para os tradicionais gastos do Natal e do ano-novo.

Dutra lembra ainda que é mais prudente reservar pelo menos uma parte do dinheiro do 13º salário para cobrir as contas que chegam pontualmente na virada do ano, como a do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), gastos com uniformes e material escolar dos filhos, entre outras. Quem não tomar essa providência corre o risco de partir para mais endividamento logo no começo do ano.

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19