Menu
SADER_FULL
quinta, 24 de junho de 2021
Busca
Brasil

Banco do Brasil prevê crescimento de 20% no crédito em 2010

8 Dez 2009 - 05h17Por Folha Online

O Banco do Brasil vai manter sua estratégia de crescimento forte no mercado de crédito em 2010, e prevê uma alta de 20% nas operações no próximo ano. A informação foi dada nesta segunda-feira pelo presidente da instituição, Ademir Bendine.

"Queremos continuar o crescimento e o cenário é extremamente positivo", afirmou. Em novembro, o BB divulgou que a carteira total de operações do banco --que inclui prestações de garantias e carteira externa-- estava em R$ 301,4 bilhões, crescendo 41% em 12 meses. A participação da instituição no mercado atingiu percentual histórico, de 20,1%.

Após estratégia agressiva no crédito, BB vai aumentar capital em 2010
Aumento da procura pode provocar falta de produtos no comércio, diz Mantega
Eletrodomésticos devem puxar alta de 12% nas vendas do Natal em SP

De acordo com Bendine, o aumento nas operações vem se mantendo nos últimos meses de 2009, em especial na carteira de consumo.

O presidente do BB afirmou ainda que a inadimplência no crédito deve voltar a cair nos próximos meses. "Com a retomada dos financiamentos, já atingimos um grau de maturidade e a tendência para a inadimplência agora é operar lateralmente ou em pequena queda", disse.

Sobre a tendência de queda de juros, uma das marcas da atuação agressiva do BB no mercado neste ano, Bendine afirmou que dois movimentos podem ajudar a manter essa redução: a queda na inadimplência e a melhoria da eficiência nas operações do banco.

Além disso, ele ressaltou que a consolidação do mercado bancário no Brasil, com a concentração em torno de seis grandes bancos, aumentou a concorrência, o que faz com que os bancos melhorem suas condições.

"Temos uma tendência clara de juros mais baixos", completou vice-presidente de Finanças do banco, Ivan Monteiro. "Quem não souber originar negócios, vai estar fora do mercado."

Eficiência

No último dia 30, a integração societária da Nossa Caixa ao Banco do Brasil foi concluída e o banco anunciou um grande plano de expansão para o Estado de São Paulo.

Segundo números apresentados por Bendine e Monteiro, o BB deve economizar R$ 100 milhões apenas nos investimentos em tecnologia para a rede de agências da Nossa Caixa e com a troca dos cartões dos clientes do banco paulista por plásticos com chip, para evitar fraudes.

Bendine afirmou, ainda, que nos próximos anos o mercado deve assistir a algumas parceiras entre bancos concorrentes para ganhar eficiência em suas operações. Um exemplo dado por ele foi a utilização conjunta dos caixas eletrônicos.

"Os caixas tem uma ineficiência brutal. Não há concorrência em ATM", disse. "Só o BB tem 42 mil caixas eletrônicos, isso é caríssimo."

De acordo com o presidente do banco, as instituições financeiras estão em constante negociações para fechar este tipo de parceria. "Agora, está faltando acelerar esses processos", disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

assis (2) VEJA VÍDEO
Antes de morrer, vítima gravou áudio relatando que esposa e dois homens teriam realizado crime
CRIME PASSIONAL
Contadora é morta pelo ex-marido, que comete suicídio em seguida
100 PERDÃO
Mulher trai marido, não é perdoada e coloca fogo no próprio corpo como forma de se punir
TRAGÉDIA NO CAMPO
Pulverizador passa por cima da cabeça de agrônoma em fazenda
COPA AMÉRICA
Brasil leva gol antológico, mas vira sobre a Colômbia e se classifica em 1º lugar
APOSTAS NO BRASIL
É legal apostar em esportes no Brasil?
CRIME BRUTAL
Mulher é encontrada morta com rosas, uma aliança nas mãos e frase cruel escrita na testa
TRAGEDIA
Casal é encontrado morto no banheiro com o chuveiro ligado
VEJA VÍDEO
Servidora não deixa lençol sujar com sangue de bandido e viraliza na internet
LUTO NA TV
Apresentador do Balanço Geral morre vítima da covid