Menu
SADER_FULL
terça, 31 de março de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
fátima do sul e região da grande dourados

Bancários de Fátima do Sul e Região aprovam greve a partir do dia 19

A decisão favorável a paralisação foi por mais de 80% dos bancários presentes na assembleia

13 Set 2013 - 07h30Por Dourados News

Reunidos em assembleia no início da noite desta quinta-feira, dia 12 de setembro, os bancários da base do Sindicato de Dourados e Região aprovaram greve por tempo indeterminado a partir da próxima quinta-feira, dia 19. A decisão favorável a paralisação foi por mais de 80% dos bancários presentes na assembleia realizada na sede do sindicato e abrange, além da cidade sede, Dourados, os municípios de Caarapó, Juty, Fátima do Sul, Vicentina, Jatei, Glória de Dourados, Deodápolis, Itaporã, Douradina, Maracajú, Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul.

Outras assembleias aconteceram no país inteiro ainda na noite desta quinta-feira e a expectativa do Comando Nacional dos Bancários é de que todos os Estados aprovem a greve. "Os bancários estão indignados com a postura de descaso dos banqueiros durante as quatro rodadas de negociações realizadas até agora e, ainda, com a proposta apresentada pela Fenaban, que está muito aquém das reivindicações dos trabalhadores. A decisão pela greve é a resposta da categoria”, disse Janes Estigarribia, Presidente do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região.

Sem acordo sobre a campanha salarial, o anúncio da greve é a forma de pressionar a Federação Nacional de Bancos (Fenaban). Até agora, os banqueiros apresentaram proposta de reajuste linear para salários, pisos e benefícios de 6,1%. O índice não repõe nem a inflação do período, projetada em 6,6% pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). A proposta passa longe da reivindicação dos trabalhadores que pedem 11,93%, sendo 5% de aumento real.

No dia 18, a categoria realiza novas assembleias em todo o País, dessa vez com o objetivo de organizar a greve. “Os bancos têm até lá para apresentar uma proposta decente que contemple as expectativas dos bancários, caso contrário nossa decisão já está tomada”. Finaliza Janes Estigarribia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 175 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março
SEQUESTRO
Depois de quase 3 horas, homem que fazia ex-esposa de refém se entrega
DOURADOS - COMÉRCIO CONTINUARÁ FECHADO
Sem acordo, Délia diz que comércio continuará fechado na 2ª maior cidade do Estado de MS
JATEÍ - AÇÃO SOCIAL
JATEÍ: Detentas doam seus cabelos para pacientes com câncer do Hospital do Câncer de Barreto
SEU BOLSO
FGTS: trabalhador tem até hoje para fazer saque de até R$ 998
COVID-19
VÍDEO: Com irmão internado, cantor Mariano está assintomático para o novo coronavírus
NO LIMITE
"A gente já chegou no limite", diz Bolsonaro sobre economia do país
SHOW HUMANIZADO
Com 5 horas de live, Gusttavo Lima arrecada 100 mil para combater o Covid-19
UNIGRAN DOURADOS - FISIOTERAPIA
Fisioterapia traz novas perspectivas para o mercado de trabalho, coordenadora do curso na UNIGRAN ex
MUNDO - 35 MIL MORTOS
Últimas notícias de coronavírus de 30 de março