Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Avicultores de MS em crise pedem apoio

29 Nov 2004 - 08h50

Produtores de frango de Mato Grosso do Sul estiveram reunidos na sede da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) com os deputados estaduais Zé Teixeira e Ari Artuzi e com o secretário de produção Dagoberto Nogueira para relatar a difícil situação que passa a atividade na região de Dourados. Há mais de dois anos os avicultores amargam prejuízos e não conseguem uma solução para o problema.

De acordo com o diretor secretário da Famasul, Ademar Silva Júnior, um dos problemas enfrentados pelos produtores é o preço pago pela integradora por cabeça da ave. "Eles estão passando por grandes dificuldades financeiras e a federação tem tentado um contato com a empresa que compra frango deles, mas não tivemos retorno", disse. O diretor ressalta que é fundamental o apoio da Assembléia Legislativa.
Para o deputado Zé Teixeira, a situação desses produtores é bastante complicada. "É lamentável sentar a mesa com um setor que produz, alavanca a economia, que gera empregos e ver a má remuneração de que são integrados", disse. "Nós queremos organizar um diálogo aberto, sincero e franco entre as duas partes para saber qual razão das diferenças e problemas identificados", completa.

O importante para o deputado é que eles continuem trabalhando, pois vários criadores já desistiram e desativaram seus barracões. Ele irá agendar agora, uma audiência pública com as duas partes.

De acordo com a Câmara Setorial da Avicultura e Estrutiocultura, Mato Grosso do Sul é o sexto Estado brasileiro na produção de aves, com seis indústrias processadoras. Mas apesar deste cenário favorável, a cadeia produtiva da carne de frango esta com alguns elos em dificuldades, o que pode comprometer todo o desenvolvimento do setor em Mato Grosso do Sul.

Os produtores da região de Dourados já começaram a abandonar a atividade, fechando e até vendendo os aviários para outras regiões produtivas. Eles alegam que o preço que recebem por cabeça de frango não cobre os custos de produção. Além disso, o longo período entre uma remessa e outra para alojamento das aves, não compensa o alto investimento dos aviários.

 

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho