Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Autoescolas onde atuavam instrutores fraudadores de CNH podem ser punidas

12 Set 2013 - 17h52Por Campo Grande News

A Comissão de Agricultura do Senado marcou para o dia 3 de outubro audiência pública com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e a presidente da Funai, Maria Augusta Boulitreau Assirati, para discutir a demarcação de terras indígenas em Mato Grosso do Sul e no país.

Em reunião nesta quinta-feira (12), via assessoria, o senador Ruben Figueiró (PSDB) informou que pediu a inclusão dos nomes do presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária), Eduardo Riedel e do presidente da Acrissul (Associação dos Criadores do Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, para participar do debate.

Para Figueiró, a Comissão de Agricultura precisa entrar na discussão, principalmente depois de conflitos recentes envolvendo indígenas e produtores rurais que, inclusive, resultaram na morte de um índio sul-mato-grossense.

Inicialmente, o presidente da comissão, senador Benedito de Lira (PP-AL), sugeriu que os representantes da classe rural de Mato Grosso do Sul fossem ouvidos antes da reunião com o Ministro da Justiça. O senador Waldemir Moka (PMDB), por sua vez, reforçou a necessidade da participação deles.

Ele lembrou ainda que a União propôs a compra das terras conflagradas com Títulos da Dívida Agrária (TDAs), mas o Governo do Estado está preocupado com a depreciação dos papéis. Para os parlamentares sul-mato-grossenses, é imprescindível esclarecer essas questões.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) também apoiou o debate e solicitou a inclusão de mais um convidado, o Procurador do estado do Rio Grande do Sul, Rodinei Candeia. A reunião com os cinco participantes acontecerá na Comissão de Agricultura, no dia 03 de outubro, a partir das 8h30.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19