Menu
SADER_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Aumento nos casos de dengue deve trazer ministro a MS

30 Out 2009 - 09h20Por Diário MS
O novo balanço parcial de casos de dengue, divulgado ontem pelo Ministério da Saúde, aponta redução de 46,3% nas notificações da doença no país. Foram notificados 406.883 casos da doença, contra 758.051 no mesmo período de 2008. No entanto, Mato Grosso Sul apresenta o necessário totalmente inverso.

Nas 30 primeiras semanas de 2009, o Estado já contabilizou 12.441 notificações de casos de dengue, o que representa um crescimento superior a 206% no número de casos, se comparado com o total de notificações registradas no mesmo período de 2008. No ano passado, eram 4.065 notificações. MS aparece juntamente com Acre, Amapá, Bahia, Espírito Santo e Mato Grosso na lista dos Estados que tiveram um aumento no número de casos de dengue no Brasil.

Devido ao aumento do número de casos da doença, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, deverá visitar Mato Grosso do Sul e outros nove Estados nas próximas semanas. A série de visitas começa na quarta-feira da semana que vem, em Pernambuco. O objetivo é mobilizar a população e os governos locais.

Ontem, o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Combate à Dengue 2009/2010. Com o mote “Brasil Unido contra a Dengue”, a iniciativa dá continuidade às ações de prevenção e enfrentamento da doença realizadas no país desde o ano passado. Durante o lançamento, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, enfatizou a necessidade de continuidade das ações de enfrentamento da doença nos Estados e municípios. “Os resultados mostram que estamos no caminho certo. O combate não pode parar. A dengue é um problema de saúde pública relevante e toda a população deve estar mobilizada por meio de medidas de prevenção e controle da doença”, afirmou.

A campanha começa a ser veiculada dois meses antes do início do período de maior transmissão da doença, que vai de janeiro a maio. É nesse intervalo que ocorrem, aproximadamente, 70% das notificações. Serão veiculados quatro filmes de TV e cinco spots para incentivar a mobilização social, o combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti e o reconhecimento dos sintomas da doença. Pela primeira vez, as crianças terão um filme direcionado especificamente para elas. A produção convoca os pequenos a integrar a “Turma do combate” e eliminar os focos do mosquito, em casa e na rua. Também há materiais direcionados a gestores, profissionais de saúde e educadores, entre outras peças publicitárias.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta