Menu
SADER_FULL
segunda, 30 de março de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
POLONIO IMÓVEIS
Brasil

Aumento de preços pode reduzir consumo de bebidas

7 Jul 2004 - 13h44
O ministro da Saúde, Humberto Costa, disse hoje, na abertura da reunião ordinária do Conselho Nacional de Saúde, que discutirá com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, a questão do aumento de preços das bebidas alcoólicas para dificultar o consumo. Além disso, tratará com os ministros José Dirceu, chefe da Casa Civil, e Jorge Félix, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, da formação de um grupo permanente de discussão sobre o problema das drogas.

Durante a reunião, o movimento Propaganda sem Bebida distribuiu manifesto pela proibição da publicidade de cerveja e outras bebidas alcoólicas. No manifesto, o movimento fez ainda restrições a anúncios de bebidas, nos meios de comunicação, em eventos esportivos, culturais e sociais, a exemplo da legislação que limita a propaganda de cigarro.

A reunião do Conselho Nacional de Saúde é realizada sempre na primeira semana de cada mês. O conselho tem poderes para decidir sobre políticas públicas de saúde, necessitando apenas da homologação do ministro para a execução dessas políticas.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

NO LIMITE
"A gente já chegou no limite", diz Bolsonaro sobre economia do país
SHOW HUMANIZADO
Com 5 horas de live, Gusttavo Lima arrecada 100 mil para combater o Covid-19
UNIGRAN DOURADOS - FISIOTERAPIA
Fisioterapia traz novas perspectivas para o mercado de trabalho, coordenadora do curso na UNIGRAN ex
MUNDO - 35 MIL MORTOS
Últimas notícias de coronavírus de 30 de março
DOURADOS - POLONIO IMÓVEIS
Vem aí!, Dourados Medical Center empreendimento exclusivo para a área da saúde em Dourados
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Prefeito é internado na UTI, após piora em quadro de coronavírus
REUNIÃO TENSA
‘Estamos preparados para ver caminhões do Exército com corpos?’, questiona Mandetta a Bolsonaro
BRASIL 117 MORTES
Casos de coronavírus no Brasil em 29 de março
FÁTIMA DO SUL - ATENÇÃO COMÉRCIO
Em novo Decreto, confira o que vai poder abrir e permanecer fechando nesta segunda em Fátima do Sul
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Justiça suspende trecho decreto de Bolsonaro que livra igrejas de quarentena