Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

Audiência deverá discutir a produção do algodão no Estado

14 Jul 2010 - 17h37Por MS Notícias

Na sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira, dia 14 de julho, o deputado Paulo Corrêa (PR), fez uso da tribuna para destacar a reinvidicação dos produtores de algodão do Estado.

O parlamentar participou da abertura da Festa do Algodão dos Chapadões, em Chapadão do Sul, na última sexta-feira e conversou com representantes da Associação dos Produtores de Algodão, que pedem para retomar a discussão do fundo do algodão em Mato Grosso do Sul.

É que 1999, foi criado o Fundo Pluma, e de todo algodão e seus subprodutos, como o caroço, vendidos no Estado, os produtores pagavam 4% e o Governo 8% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). O incentivo do Governo concedido para o Fundo Pluma, neste período era de 15% mas que foi erradicado em 2001.

Neste sentido, o parlamentar solicitou que seja realizada uma reunião na Casa de Leis com os produtores de algodão de Mato Grosso do Sul. "Hoje, um hectare de algodão rende R$ 5 mil, e um hectare de soja rende R$ 1,5 mil", justificou Corrêa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros