Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 12 de abril de 2021
Busca
Brasil

Atlético-MG contrata o técnico Jair Picerni

19 Jul 2004 - 13h45

Jair Picerni foi anunciado como técnico do Atlético-MG. Ele vai substituir Paulo Bonamigo, que foi demitido no domingo.

O novo treinador atleticano chega à capital mineira no período da tarde e em seguida vai para o Centro de Treinamentos de Vespasiano. Está prevista uma entrevista coletiva para que a diretoria do clube revele os detalhes do contrato.

A diretoria agiu rápido porque pretende que o novo treinador já dirija a equipe nesta terça-feira, às 20h30, contra o Goiás, no Mineirão.

Picerni está sem trabalhar desde o final de maio, quando deixou o Palmeiras. Ele foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro pelo clube paulista.

O novo treinador chega com a missão de tirar a equipe mineira da 19ª posição. Com 17 pontos, o Atlético-MG venceu apenas três vezes no campeonato e está perto da zona de rebaixamento.

Bonamigo saiu com uma indenização de R$ 300 mil e afirmou nesta segunda-feira que o jejum de títulos pesou para sua demissão.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV