Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
AUMENTO DE ACIDENTES

Atendimentos de ambulâncias cresce 125% em dois anos em Dourados

7 Jul 2010 - 06h44Por Assecom

Os atendimentos prestados pela Central de Ambulâncias de Dourados cresceram 125% em dois anos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Para se ter uma ideia do aumento, a média de atendimentos em 2008 era de 800 solicitações por mês. Atualmente são 1.800 chamadas.

Conforme a estatística feita pela coordenadora da Central de Ambulâncias, Solange Machado de Menezes, em 2008 foram atendidas 11.255 ocorrências. Já em 2009 foram 21.070 chamadas, quase o dobro. De janeiro a maio deste ano já foram 10.034 atendimentos, apenas no perímetro urbano. Nos distritos a média permanece de três mil chamadas por ano.

As ocorrências de pacientes encaminhados de Dourados a Campo Grande, que em 2008 foram de 591 pessoas, em 2009 subiu para 722. De Dourados a Barretos (SP), de 10 subiu para 34 em 2009.

Conforme estabelece o decreto 1.976, de 14 de julho de 2003, a função da frota da Central de Ambulância é atender somente os casos de urgências, ou seja, pessoas que tenham dificuldades de locomoção, como por exemplo, os acamados ou que necessitam de fisioterapia. São vedadas outras finalidades não amparadas pela legislação em vigor, como pacientes para consultas, exames ou retorno de consultas.

A Central de Ambulâncias conta com três veículos para atender somente o perímetro urbano de Dourados e mais quatro para atender os distritos. Uma atende apenas o distrito de Itahum, outra os distritos de Vila São Pedro e Indápolis, outra atende Vila Vargas e Panambi e uma quarta ambulância é utilizada pelos moradores da Vila Formosa e Macaúba.

A Secretaria Municipal de Saúde de Dourados ainda utiliza mais três ambulâncias que são destinadas às viagens, sendo uma com UTI. “Todas as ambulâncias têm um destino certo, não podendo ser utilizadas para outras finalidades, especialmente as ambulâncias de viagens”, explica Solange.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões
uma greve foi deflagrada em protesto contra uma proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas. CORREIOS
Após 5 dias de greve, os Correios devem retornar por determinação do TST
No Brasil, diversos concursos públicos estão disponíveis. CONCURSOS
CRM-MS abre concurso com salários de até R$ 5 mil