Menu
SADER_FULL
terça, 2 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Assembléia inclui 7 municípios na lista dos pobres

9 Mai 2007 - 11h10
Menos de 48 horas após a audiência pública que colocou em guerra os prefeitos de Mato Grosso do Sul, a Assembléia Legislativa deve apresentar hoje nova versão do fundo destinado a compensar municípios pouco aquinhoados pelo ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços).

Definida na noite de ontem, a proposta, que vai ampliar de 44 para 51 o número de municípios contemplados pelo fundo, vai ser apresentada em plenário pelo deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), autor do requerimento que deu origem à audiência publica.

O FRES (Fundo de Reequilíbrio Social e Econômico) foi criado como alternativa para contemplar os municípios que menos recebem ICMS, mas desagradou aos prefeitos. A intenção inicial era destinar, para as prefeituras mais pobres, 3% da cota-parte que é partilhada entre os municípios.

Para classificar um município como pobre, o advogado tributarista Alexandre Bastos criou uma fórmula. Dividiu o índice de ICMS que cada município recebe pelo número de eleitores que possui.

Chegou a um índice médio de 0,000090. Os 44 municípios que ficaram abaixo desta média teriam direito ao FRES. "Mesmo assim, houve reclamação. Porque para compor o FRES de 3% tive que tirar um pouquinho de cada município. Houve município que perdeu para compor o FRES e o que recebeu do fundo não compensou esta perda", explicou Bastos.

Assim, na nova proposta a ser apresentada hoje, dos 3%, 2,7% continuam a ser distribuídos aos 44 municípios, em ordem inversamente proporcional, ou seja, quanto menor o índice obtido, mais recurso receberá. Os 0,3% restantes serão partilhados entre sete municípios que têm índice até 50% maior que a média de 0,000090.

"São municípios que não se enquadram numericamente na categoria dos pobres, mas que recebem pouco ICMS", justificou o tributarista. Entre estes sete municípios, segundo Bastos, estão Bodoquena, Corguinho e Caracol.

Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados
EPICENTRO DA COVID-19
Brasil aproxima de 30 mil mortes pela Covid-19