Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 8 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Artuzi sofre ameaças de morte e é transferido de delegacia

25 Set 2010 - 07h34Por Campo Grande News

O prefeito de Dourados, Ari Artuzi (sem partido), preso sob acusação de chefiar um esquema de corrupção, não está mais na 3ª Delegacia de Polícia Civil em Campo Grande. Segundo a assessoria de imprensa da Corporação, ameaças de morte feitas ao prefeito motivaram a transferência.

O delegado Jefferson Luppe informou que o local para o qual ele foi transferido não será divulgado, por motivo de segurança. Ele não esclareceu que tipo de ameaças, mas disse que foram várias.

Artuzi estava na delegacia, no bairro Carandá, desde o dia primeiro de setembro, quando foi preso pela Polícia Federal acusado de uma série de crimes envolvendo o desvio de dinheiro público.

Na delegacia, a única informação é que ele não está mais no local. O advogado de Artuzi disse que não solicitou a transferência é que ela foi uma medida da própria Polícia Civil.

O Campo Grande News apurou que ele não está em presídios e que um dos lugares possíveis é na delegacia do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros).

Leia Também

ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino
COVID NO BRASIL
Brasil registra 265 novas mortes por Covid nas últimas 24 horas
CONFUSÃO DE TORCIDAS
Briga entre torcida do Flamengo e Corinthians deixa feridos em Campo Grande; veja vídeos
PREOCUPANTE
Covid-19: Brasil registra 295 óbitos e 34,4 mil casos em 24 horas
SOB INVESTIGAÇÃO
Brasileiro e estudante de medicina é encontrado morto em carro na fronteira