Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Artuzi foi à prefeitura receber R$ 320

5 Jan 2011 - 16h18Por Campo Grande News

Acusado de crimes milionários, Ari Artuzi voltou na manhã de hoje à prefeitura de Dourados para receber R$ 320,94 o último dinheiro que tinha para receber de salário do tempo em que foi prefeito. Ele diz estar atolado em dívidas.

“Fui pra lá para buscar o dinheiro. Não tenho 13º e férias e estou devendo R$ 120 mil para os bancos”, afirmou ao Campo Grande News.

Durante o período em que ficou preso, apenas o salário de setembro havia sido depositado em juízo, por conta da prisão dele, mas o montante já foi liberado para o ex-prefeito. O mesmo aconteceu com o pagamento do então vice, Carlinhos Cantor.

O valor bruto dom vencimento de prefeito em Dourados é de R$ 13.804,56, já o do vice é de R$ 9.663,19, de acordo com o procurador da prefeitura Sérgio Henrique.

Ajuda eu – “Quero saber quem vai me ajudar a pagar [as dívidas]. Não posso vender minha casa. Onde está a fazenda e o gado que diziam que eu tinha? Nunca peguei dinheiro de ninguém”, desabafou.

O prefeito disse que foi bem recebido na prefeitura e que os funcionários são todos amigos dele.

Questionado sobre o futuro político, Artuzi afirmou que está à disposição da Justiça e a única preocupação dele no momento é de pagar as contas.

O então prefeito Ari Artuzi foi preso em setembro de 2010 acusado de chefiar um esquema gigante de fraude em licitações e pagamento de propinas. Ele ficou preso até o final do ano, quando renunciou ao cargo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas