Menu
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
terça, 7 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
DOURADOS

Artuzi encaminha projeto para mais 700 casas em Dourados

26 Jan 2010 - 05h54Por Assecom

Na manhã desta segunda-feira, o prefeito Ari Artuzi (PDT) encaminhou à Secretaria Estadual de Habitação o projeto para a construção de mais 700 unidades habitacionais em Dourados. Os investimentos tanto do município quanto do Estado serão discutidos com o governador André Puccinelli para depois ser pleiteado o recurso maior ao governo federal.

Artuzi garantiu que a prefeitura pode disponibilizar R$ 700 mil para investimento na drenagem e pavimentação do conjunto e já estariam assegurados R$ 300 mil por parte da Enersul para a implantação da rede elétrica. O projeto foi entregue nas mãos do secretário Carlos Marum que deve discutir a viabilidade com o governador possivelmente ainda nesta semana.

De acordo com o prefeito, pelos levantamentos realizados, cada unidade deverá custar em média, R$ 46 mil e nem o município e nem o Estado tem como bancar isoladamente essa obra. “A parceria é a melhor maneira de trazer mais melhorias para os municípios e Dourados tem buscado isso constantemente até com empresas privadas”, reafirma Ari Artuzi.

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LIÇÕES DA BIBLIA
O céu dos céus
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança