Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Artuzi bate-boca com jornalista e sindicato emite Nota de Repúdio

7 Out 2009 - 16h20Por Mídia Max
O prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT) bateu boca na manhã de hoje com o jornalista João Rocha da RIT (Rede Internacional de Televisão) e o casou virou polêmica na cidade.

No inicio da tarde de hoje o Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Grande Dourados) emitiu uma “Nota de Repúdio” contra o prefeito.

Conforme informações repassadas pelo Sindicato, “a equipe esteve na secretaria para uma entrevista com a coordenadora da Saúde da Mulher, Cristiane Kruger, quando, ainda no saguão da repartição, o prefeito avistou-a e dirigiu-se a ela em tom agressivo e repudiável, intimidando e assediando os jornalistas de maneira hostil, desrespeitosa, imprópria e incompatível”.

O jornalista Clóvis de Oliveira, assessor de comunicação da Prefeitura, afirmou que o prefeito teve uma conversa amigável com João Rocha e que em nenhum momento falta com o respeito com o jornalista.

Conforme a Nota assinada pela direção do sindicato “além do constrangimento, o prefeito baixou o nível do discurso ao dirigir palavras de baixo calão à equipe formada pelo repórter João Rocha, pelo repórter cinematográfico João Silva e pelo auxiliar Josivan Aragão e, por extensão, à emissora. O prefeito fez ataques gratuitos e desrespeitosos como se a equipe fosse à responsável pela linha editorial da empresa”.

Segundo a nota distribuída à imprensa o ato de Artuzi “demonstrou mais uma vez dificuldade de convivência democrática entre as instituições e de compreensão do significado conceitual e prático da democracia e da liberdade de imprensa; democracia, bem ou mal, sendo conquistada ao longo da história com suor, lágrimas e sangue.”.

“O Sinjorgran – diz a nota - é guardião da liberdade de imprensa em sua base de atuação e não admite que seus filiados, em pleno exercício legal da profissão, sejam feridos em sua integridade física, moral e profissional, sejam envergonhados publicamente por supostos conflitos que não lhe dizem respeito. Episódios assim lamentáveis e repudiáveis, porém, tristemente comuns, jamais serão negligenciados ou ficarão sem o brado de alerta do Sinjorgran que faz a defesa intransigente, contudo, coerente e ética de seus filiados, da liberdade de imprensa e da cidadania”.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL