Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 25 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Artigo “Escola é Lugar de Aprender. E de Ensinar”, por Claudinei Costa

13 Nov 2009 - 18h05Por Claudinei Costa

ESCOLA É LUGAR DE APRENDER. E DE ENSINAR!

 

 

 

Todos os momentos do dia de todos os dias da vida eram para aprender e ensinar e de novo ensinar e aprender, vivendo e brincando, trabalhando e sendo...” Brandão (1997) 

 

 

 

Na escola, a criança corre, pula, joga, faz fila, toma merenda, se entristece, se alegra, as crianças também escrevem, copiam, perguntam, brigam, choram e riem.

 

O professor lê estórias, participa das brincadeiras com as crianças, fica bravo, grita, perde a calma, faz chamada, planeja, etc... 

 

No ambiente escolar existe merendeiras, agente de limpeza, secretário, inspetor, etc... 

 

Nesse ambiente, o professor é responsável em articular ensino e aprendizagem, conteúdo e forma de transmiti-lo e todas as ações devem favorecer o processo múltiplo, complexo e relacional de conhecer e incorporar dados novos ao repertório de significados daquele que aprende, de modo que ele possa utilizá-los na compreensão orgânica dos fenômenos e no entendimento da prática social.

 

Nesse sentido, questionamos:

 

O que é ensinar? Como ensinar? O que é aprender? Como a criança aprende?

 

Essas questões são de fundamental importância quando se objetiva construir uma prática pedagógica que possa garantir a todas as crianças um processo de aprendizagem significativo.

 

Quando nos questionamos, surgem as respostas. Agora, quando se trata de desenvolver uma ação educativa nesse sentido, surgem inúmeras questões. Será que a criança aprende? O professor explica bem? Como explicar as coisas para uma criança? E se deixarmos agir, montar um quebra-cabeça, estará aprendendo? O que ela estará aprendendo? Caso a criança não aprenda, terá algum distúrbio? Qual a idade para se aprender a ler? Quais os pré-requisitos necessários para que a criança aprenda?São tantas as indagações.

 

Para Mattos & Neira, “O processo de aprendizagem é individual no aluno, o que quer dizer que cada criança aprende do seu jeito e aprende algo diferente”.

 

O nível de maturação varia de criança para criança, cada qual apresenta uma bagagem de experiências diferentes, uma forma de interação com o meio que lhe é própria, maneiras individuais de desequilíbrio, logo, se tenho trinta alunos numa sala de aula, tenho trinta processos diferentes de construção do conhecimento.

 

O ser humano está em constante interação com o meio-ambiente ao seu redor. O movimento tem um papel significativo na evolução da espécie humana.

 

O professor, apontando a importância da equilibração e da interação com o meio e sua ligação com o fazer pedagógico, mediará o conhecimento. O conhecimento (algo a ser sabido), o aluno (interessado em saber) e o professor (educador) têm o papel de aproximar esse aluno do conhecimento e esse conhecimento do aluno.

 

E assim, vamos ensinar, aprender e garantir uma aprendizagem significativa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada