Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Arsenal de Beira-Mar apreendido no Paraguai vale US$ 300 mil

16 Ago 2006 - 07h36

Os cálculos efetuados pelas autoridades paraguaias apontam que o montante total do arsenal pertencente ao mega-traficante brasileiro Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, apreendido na sexta-feira passada na cidade de Pedro Juan Caballero, capital de Ambamay, se aproxima dos US$ 300 mil, levando em conta o valor das armas no mercado. Ainda de acordo com a Polícia do país vizinho, o lote de armas deveria parar nas mãos do PCC (Primeiro Comando da Capital), organização criminosa que controla o negócio de drogas e armas nas favelas de São Paulo (SP).

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai disse que existem fortes suspeitas de que o PCC tem intenções de se unir ao Comando Vermelho, outra facção criminosa que dirige o narcotráfico e os negócios de armas nas favelas do Rio de Janeiro (RJ). “Acreditamos que as armas eram destinadas ao mercado brasileiro”, declarou um fiscal da Senad, Arnaldo Giuzzio, completando que as armas apreendidas estão guardadas nos depósitos da Senad, onde aguardarão um destino final conforme estabelece a Lei de Armas do Paraguai.

Entenda o caso

Na sexta-feira passada, policiais da Senad apreenderam, em Pedro Juan Caballero, um gigantesco arsenal que estava na carroceria da picape Nissan Frontier placa NFS-0800, de São Paulo (SP), registrada em nome de Marlene Nunes Galvão, estacionada na garagem da loja Comando, especializada na venda de armas e artigos para pesca. Os policiais paraguaios acreditam que o armamento tenha ligação com o traficante Marcelo Leandro da Silva, o “Marcelinho Niterói”, preso em Pedro Juan Caballero, que tem ligações com o traficante Fernandinho Beira-Mar, único preso do Presídio Federal de Catanduvas (PR).

Na Frontier, os agentes da Senad encontraram, além da metralhadora antiaérea, duas submetralhadoras UZI (fabricação israelense), 228 pistolas Luger 9 mm (fabricação alemã), três fuzis de repetição, um fuzil calibre 7,62 (fabricado no Brasil), cem caixas de munição de vários calibres e 8 silenciadores.

Nova apreensão

Ainda de acordo com a Senad, em uma operação no fim de semana, foram apreendidas mais 316 armas sem documentação em seis estabelecimentos comerciais em Pedro Juan Caballero, Ciudad Del Este e Salto Del Guairá. Além disso, ainda foram apreendidos explosivos, munições, carregadores, silenciadores e coletes a prova de balas, sendo que esse pequeno arsenal também seria de “Marcelinho Niterói”.

Em Pedro Juan, as armas estavam nas lojas “Casa Comando” e “Casa Montelíbano”, enquanto em Ciudad Del Este, o arsenal estava nas lojas “Monday”, “Caza y Pesca” e “Morenita, Caza y Pesca” e, em Salto Del Guairá, o armamento foi apreendido nas lojas “Queens Annes” e “La Comercial Caza y Pesca”. Nas duas últimas cidades foram confiscadas 82 armas de diversos calibres, enquanto em Pedro Juan foram apreendidas 234, sendo na maioria pistolas, metralhadores, fuzis, rifles, revólveres, munições, silenciadores, carregadores, coletes a prova de balas e cartuchos de diferentes calibres.

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio