Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 8 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Arroz branco pode aumentar as chances de diabetes tipo 2

1 Out 2010 - 17h16Por Dourados News

Um estudo publicado recentemente na Revista Arquives of Internal Medicine mostra que pessoas que consomem grandes quantidades de arroz branco possuem maior chance de desenvolver diabetes tipo 2. Isto acontece porque o arroz branco, presente em praticamente todas as refeições dos brasileiros, é uma grande fonte de amido. “O arroz branco passa por um tratamento que elimina a casca dentre outros fatores tornando-o uma fonte de amido com maior capacidade de absorção”, explica Dra. Carolina Ynterian, bioquímica e Diretora da Linha Confirme de autotestes. No organismo o amido é convertido em glicose, justamente o que causa a diabetes.

Para evitar o risco de desenvolver diabetes tipo 2 o ideal é cuidar da alimentação, ingerir alimentos como o arroz branco com moderação e se possível substitui-lo pelo arroz marrom, praticar atividades físicas regularmente, além de monitorar periodicamente o nível de glicose no organismo. Isto pode ser feito através de autotestes caseiros que através da urina detectam de forma rápida e segura a quantidade de glicose presente no organismo.

Saíba como funciona o autoteste Tiras de Glicose da Linha Confirme:

O procedimento é simples, uma tira deve ser mergulhada no recipiente onde foi coletada a urina. Após 2 segundos, a tira deve ser retirada do recipiente. Feito isso, em cerca de 30 a 60 segundos o resultado aparecerá. A cor da tira deve ser comparada com a da escala de cores presente no frasco ou na embalagem. O teste deve ser realizado mais ou menos 2 horas após a primeira refeição do dia.

Sobre o diabetes

A diabetes é uma alteração na produção do hormônio insulina. O hormônio é produzido pelo pâncreas e é responsável por transformar o açúcar (glicose) em energia para o funcionamento do corpo. Quando a pessoa sofre de diabetes, o pâncreas produz pouca insulina fazendo com que o açúcar fique acumulado no sangue.

A doença provoca alguns sintomas no paciente, entre elas, a sede e fome excessiva, emagrecimento, sonolência, fraqueza, tontura, formigamento, aumento de vezes que se urina, entre outros.

A longo prazo, a doença pode causar perda de visão, derrame, infarto, hipertensão, impotência sexual, doenças pulmonares e insuficiência renal. Por isso é importante diagnosticar logo no início.

O teste Tiras de Glicose pode ser adquirido em farmácias e drogarias ou através do site: www.confirme.com.br. O teste custa cerca de R$10,00 e a embalagem vem com 20 tiras reagentes que permitem verificar se há glicose na urina.

Leia Também

VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casal que adotou 3 irmãos autistas vítimas de maus-tratos comove internautas
DESUMANIDADE
Polícia interdita casa de repouso por tortura e sequestro de idosos
DENUNCIADO POR VIZINHOS
Mãe e filho são executados e corpos escondidos dentro de sofá velho jogado em lote baldio
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino