Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 28 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Após reunião com centrais, governo reafirma mínimo de R$ 545

27 Jan 2011 - 05h38Por G1

A reunião desta quarta-feira (26) entre o governo e representantes de centrais sindicais sobre o aumento do salário mínimo terminou sem acordo. O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, encarregado de negociar com os trabalhadores, reafirmou a proposta de reajuste para R$ 545, contrariando os sindicalistas, que reivindicam um mínimo de R$ 580 em 2011. No entanto, ele admitiu a possibilidade de reajustar a tabela do imposto de renda em 4,5%, centro da meta inflacionária.

“A tendência é manter o acordo. Não posso dizer que não vai haver mudança, mas o governo reafirma a posição de manter os R$ 545”, afirmou. De acordo com Carvalho, o governo não vai cometer "irresponsabilidades fiscais".

"Qualquer número diferente do acordo abre uma discussão infindável e você pode entrar em uma feira do imponderável. Uma concepção desse acordo foi uma vitória importante da classe trabalhadora. Espero que as centrais levem em contra toda essa questão do período e não só o imediatismo desse ano", disse.

O ministro se mostrou mais flexível quanto ao reajuste da tabela de imposto de renda. As centrais sindicais reivindicam correção de 6,47%. No entanto, o ministro destacou que a tabela do IR deve ser reajustada em 4,5%. "Vamos discutir a questão, mas a tendência é mantermos a meta inflacionária", disse.

Uma nova reunião com as centrais sindicais foi marcada para o dia 2 de fevereiro.

Carvalho afirmou ainda que o governo se comprometeu a enviar uma medida provisória ao Congresso Nacional consolidando em lei a política de reajuste do salário mínimo instituída no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem como base o crescimento do Produto Interno Bruto e a inflação.

“Nos propusemos a enviar uma medida provisória para o Congresso. Uma vez que o PL [projeto de lei] que consagrava esse acordo não foi ainda votado no Congresso, nos comprometemos a enviar uma MP que garante o acordo até 2015, quando termina o mandato da presidente Dilma”, afirmou

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Evento
Confira as duas galerias de fotos da premiação do Mês das Mães no Mercado Julifran
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
O caso será investigado pelo SIG / Divulgação/JP NewsCRIME EM MS
Homem é executado a tiros dentro de casa em MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA