Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Após nove anos de parceria, Robinho e Nike duelam na Justiça

4 Mar 2011 - 12h28Por Folha

O atacante Robinho, 27, está em litígio com a Nike. A gigante norte-americana é patrocinadora de atletas como Ronaldinho e Cristiano Ronaldo e de seleções como a francesa e a brasileira.

O atleta entende que seu vínculo com a companhia norte-americana terminou em dezembro de 2010 e foi renovado arbitrariamente.

A Nike sustenta que o documento, assinado pelo jogador em 2005, prevê renovação automática até 2014.

Segundo a Folha apurou, o documento tem dois textos: um em inglês, outro em português. A discordância se dá exatamente por causa das diferenças entre as versões.

O texto em português diz que, ao fim do contrato, as duas partes devem se reunir para entrar em acordo sobre uma possível renovação.

Já o texto em inglês afirma que a empresa pode renovar o contrato automaticamente, pagando ao atleta os mesmos valores do último ano.

A redação do contrato, nas duas versões, é de responsabilidade da companhia.

Em dezembro do ano passado, Robinho entendeu que o vínculo havia acabado. E disputou algumas partidas com modelos de outras marcas. Teve o cuidado de pintar as chuteiras de preto para não fazer propaganda.

A disputa entre a companhia e jogador foi parar na Justiça da Holanda, onde fica a base europeia da empresa.

No dia 4 de janeiro, após uma audiência em Amsterdã, Robinho perdeu. E se viu obrigado a usar novamente os produtos da marca.

O descumprimento dessa decisão custaria ao atacante brasileiro uma multa de 300 mil euros por dia.

A Nike afirma que esse valor não está previsto em contrato e que a multa foi fixada pela Justiça da Holanda.

A defesa de Robinho tenta derrubar essa decisão. Enquanto a disputa na Justiça europeia não tem um desfecho, Robinho estuda entrar com ação também no Brasil.

A advogada do jogador, Marisa Alija, disse que a decisão na Holanda é em caráter provisório e está em fase de recurso. "Existe previsão em contrato para que o assunto seja discutido no país, além de a legislação brasileira assegurar que os contratos feitos no Brasil devem ser analisados em solo brasileiro."

Alija acrescentou que se trata de "questão estritamente comercial" entre Robinho e Nike. "Não consideramos qualquer hipótese de relação com a convocação ou não do jogador [para a seleção]."

O desentendimento não mudou a situação do jogador na seleção. Robinho foi convocado para o amistoso contra a França, em fevereiro, e foi o capitão da equipe.
Ontem, pela primeira vez desde que Mano Menezes assumiu o comando do Brasil, Robinho não foi convocado.

Em entrevistas recentes, o treinador sempre deixou claro que não enfrenta nenhum tipo de interferência da CBF ou patrocinadores em seu trabalho de convocar e escalar a seleção brasileira.

Hoje, para romper o vínculo, o atleta teria de pagar à empresa três vezes tudo o que já recebeu desde 2002, incluindo material esportivo.

O primeiro contrato foi assinado em dezembro de 2002, logo após o atacante levar o Santos à conquista do Campeonato Brasileiro.

Em 2005, quando Robinho se transferiu para o Real Madrid, houve o primeiro desentendimento com a Nike, mas um acordo evitou que a disputa fosse à Justiça. No período em que defendeu o inglês Manchester City, o valor do contrato foi reduzido, porque se tratava de clube de menor expressão que o Real.

A transferência para o Milan não significou aumento do "salário Nike" do atleta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro