Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Após mínimo, sindicalistas dizem que deputados votaram contra trabalhador

17 Fev 2011 - 14h06Por FST/MS
Sindicalistas de Mato Grosso do Sul criticaram o salário mínimo de R$ 545,00 aprovado ontem pela Câmara dos Deputados. "Os parlamentares, inclusive alguns da bancada de nosso Estado deveriam respeitar a vontade dos trabalhadores brasileiros e avançar mais com um ganho real", criticou José Lucas da Silva, coordenador regional do Fórum Sindical dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul - FST/MS. Ele deu um recado aos deputados de MS que votaram a favor do governo e contra o interesse dos trabalhadores: "Nós, sindicalistas, estamos de olho em vocês".

O presidente da Força Sindical Regional MS, Idelmar da Mota Lima, que esteve em Brasília fazendo lobby para tentar aprovar pelo menos a proposta de R$ 560,00 também criticou o valor aprovado que não cobre sequer as perdas para a inflação. "Foi uma derrota do trabalhador brasileiro que ansiava por um maior poder aquisitivo com seu salário", comentou. Idelmar, que preside o sindicato e a Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul - FETRACOM/MS, disse que o governo errou ao estabelecer esse valor menor. "Ele se esqueceu que os cofres públicos receberiam esses recursos de volta na forma de tributos", afirmou.

Dezenas de sindicalistas de MS acompanharam do plenário da Câmara a luta dos parlamentares que queriam aumento real para o salário mínimo. Em algumas oportunidades quebraram o protocolo, vaiando parlamentares, correndo o risco de serem retirados do plenário. "Foi um embate muito duro e quem perdeu mesmo foi o trabalhador brasileiro. Lamentável isso", comentou José Lucas da Silva que espera que os parlamentares repensem sobre sua atuação no Congresso Nacional quando tiverem que tomarem outras decisões em que estão em jogo o interesse da maioria do povo brasileiro. "Afinal, por quem eles foram eleitos e para que se não é para melhorar a vida das pessoas no Brasil", questionou o sindicalista.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa