Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 26 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Após Ficha Limpa STF suspende 1º caso de inelegibilidade

1 Jul 2010 - 16h02Por Campo Grande News
O ministro Gilmar Mendes do STF (Supremo Tribunal Federal) suspendeu hoje a primeira inelegibilidade provocada pela "Lei da Ficha Limpa". Pela determinação, a Justiça Eleitoral não poderá negar registro de candidatura do senador Heráclito Fortes (DEM-PI) para cargo eletivo com base nas restrições da Lei da Ficha Limpa. O senador pretende se reeleger ao Senado.

Em Mato Grosso do Sul, um dos que tem os planos em risco por conta da nova lei é o candidato a senador Dagoberto Nogueira (PDT). Outro é o ex-prefeito de Aquidauna, Raul Freixes, que quer uma vaga na Assembleia Legislativa, ambos condenados por improbidade administrativa pela Justiça estadual.

Com a decisão de hoje, ficam suspensos os efeitos de inelegibilidade da condenação imposta a Eráclito pelo Tribunal de Justiça do Piauí, mesmo condenado depois de ação popular por conduta lesiva ao patrimônio público. O senador teria usado a publicidade da prefeitura de Teresina para se promover quando era prefeito da cidade entre 1989 e 1993.

A Lei da Ficha Limpa foi aprovada já para vigorar nas eleições deste ano. A norma torna inelegíveis as pessoas condenadas - por órgãos colegiados - pela prática de crimes como improbidade administrativa e uso da máquina pública para promoção pessoal.

A decisão de Gilmar Mendes ainda é em carater liminar e suspende a inelegibilidade de Fortes até que a 2ª Turma do STF conclua o julgamento do recurso interposto pelo senador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência