Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 4 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Após dobradinha, McLaren é investigada pela FIA

28 Mai 2007 - 09h59

A McLaren está sendo investigada pela FIA, órgão responsável pela Fórmula 1, por causa das supostas ordens dadas a Fernando Alonso e Lewis Hamilton no GP de Mônaco, no último domingo. A escuderia inglesa pediu aos pilotos que mantivessem as posições e evitou a briga pela primeira colocação.

A "manobra", que garantiu a dobradinha ao time de Ron Dennis, deixou a imprensa britânica frustrada e rendeu diversas reclamações.

De acordo com a FIA, as investigações foram abertas porque a atitude pode ter ferido a imagem do esporte.

De acordo com comunicado feito pela própria entidade "foi aberta uma investigação envolvendo a equipe McLaren Mercedes no Grande Prêmio de Mônaco devido a uma possível ruptura no Código Internacional do Esporte".

"A evidência está sob análise e um anúncio próximo será feito conforme andamento das investigações", completa o comunicado.

As ordens, que influenciam no resultado da corrida, foram consideradas ilegais na F-1 desde que a Ferrari disse ao brasileiro Rubens Barrichello, em 2002, que deixasse Michael Schumacher ultrapassá-lo antes da linha de chegada do GP da Áustria.

No entanto, Ron Dennis diz não ter feito nada errado em proteger a vantagem que sua equipe conquistou dentro da pista.

"Estratégia de time é o que te faz vencer um Grande Prêmio. Ordens de um time é o que te faz manipular um Grande Prêmio", disse.

"E nós não manipulamos corridas, a não ser em circunstâncias excepcionais, como ocorreu, por exemplo, na Austrália (1998), quando alguém entrou no rádio e instruiu Mika Hakkinen a entrar no pit stop", concluiu.

1º piloto

O espanhol Fernando Alonso declarou que a McLaren sempre terá dúvidas sobre quem é seu primeiro piloto.

"Acredito que eles ainda não sabem quem é o líder. Por estarmos empatados nos pontos e termos as mesmas chances de ganhar, deveriam nos dar oportunidades iguais", disse o espanhol.

"Se eu conseguir 38 pontos a cada cinco corridas, ou seja, se repetir o que já fiz até agora, vou vencer o campeonato. Esse é o cálculo", emendou.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia
1º CASO NO BRASIL
Paciente recuperada de coronavírus no Piauí volta a ter teste positivo
VITIMAS DA COVID 19
Mãe, avó e irmão de jovem morrem por covid-19: 'essa doença é horrível'
COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'