Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Após atingir marca histórica, Rogério Ceni alfineta Globo e CBF

28 Mar 2011 - 08h24

Cercado por um batalhão de repórteres, ainda no gramado da Arena Barueri, o goleiro Rogério Ceni aproveitou as comemorações pelo centésimo gol de sua carreira para mandar um recado sobre a organização do futebol nacional.

Perguntado sobre qual seria a sua mensagem após atingir a marca histórica, a exemplo do que fez o Rei Pelé ao anotar o milésimo gol em 1969 --pediu "atenção às criancinhas"--, Rogério declarou: "Os caras não podem pensar só em si e no que ganham, mas no futebol brasileiro como um todo. A gente vê um grupo de gente justa que quer o melhor para o futebol. Não é nada contra uma emissora, mas tem de pensar em todas".

 

  Moacyr Lopes Junior/Folhapress  
BARUERI, SP, BRASIL, 27.03.2011. Rogério Ceni chuta a bola para marcar seu 100° gol, durante o clássico entre São Paulo e Corinthians, no Arena Barueri, pelo Campeonato Paulista. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress, ESPORTE).
Rogério chuta para marcar seu 100° gol durante o clássico entre São Paulo e Corinthians, na Arena Barueri

A afirmação do camisa 1 acontece em meio à disputa pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2012. O São Paulo é um dos poucos da "resistência" do Clube dos 13, grupo esvaziado pela Rede Globo, que nem sequer participou da licitação da entidade sobre o assunto, vencida pela RedeTV!.

O Corinthians foi um dos líderes do movimento, que também ganhou o aval da CBF.

Até este ano, Corinthians e São Paulo recebiam o mesmo valor pelas transmissões. Agora, Corinthians e Flamengo devem faturar mais.

O São Paulo também perdeu espaço de exposição. Neste ano, apenas cinco de seus jogos do primeiro turno serão exibidos pela TV aberta. O Corinthians terá 14.

Nos bastidores, o presidente corintiano Andres Sanchez impôs outras derrotas ao clube que considera seu maior adversário. Trabalhou para tirar o Morumbi da Copa do Mundo. Amigo e aliado de Ricardo Teixeira, presidente da CBF e do comitê organizador da Copa, o cartola emplacou o (futuro) estádio do Corinthians no Mundial-2014.

FILHAS

E Rogério completou: "Lembro de gente importante na minha vida. Mando beijos para minhas filhas, para a torcida tricolor e para o São Paulo Futebol Clube, essa entidade que luta contra tanta coisa errada no futebol".

O camisa 1 ainda minimizou o fato de o feito, neste domingo, ter acontecido contra o rival Corinthians. "Quando a gente entra em campo, não entra para fazer o gol, entra com pensamento do goleiro. Foi de falta como eu queria, e decidiu um jogo importante. Do outro lado, são profissionais e faço o melhor contra qualquer time".

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19