Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 7 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
Brasil

Após acordo com MPF, índios desbloqueiam rodovias BR-262 e BR-163

6 Out 2009 - 13h35Por Mídia Max

Depois da reunião com o procurador da República Emerson Kalif, por volta do meio meio dia desta segunda-feira, os índios terena decidiram liberar o trânsito de veículos nos trechos da BR-163, na saída de Campo Grande para Cuiabá, e da BR 262, perto de Miranda, estradas fechadas por troncos de árvores, pneus e tratores desde as 5h30 desta manhã.

Segundo os índios, eles protestaram devido à morosidade nos processos judiciais que preveem a demarcação de terras indígenas, uma delas em Sidrolândia..

Após seis horas de bloqueio os índios concordaram em parar o manifesto, mas impuseram uma condição ao procurador.Dois porta-vozes dos índios terena, o cacique Argeu Agnaldo e Vinícius Jorge, presidente do Cedin (Conselho Estadual dos Direitos Indígenas) seguiram com o procurador até a sede do MPF (Ministério Público Federal), em Campo Grande.

Lá, eles devem enviar um fax para o TRF (Tribunal Regional Federal), 3ª Região, em São Paulo, solicitando agilidade num processo de demarcação de terra indígena na região Sidrolândia, emperrado desde 2000, segundo os lideres. 

A área em questão é habitada por ao menos 4 mil índios, mede 2,4 mil hectares e, dependendo do desfecho judicial, seria crescida para 15 mil hectares. Embora parado desde 2000, a briga dos índios por esta terra teve início na década 30, segundo cálculos dos líderes indígenas.

Logo depois de encaminhar o documento para a corte em SP, o procurador e as duas lideranças retornam para o local do protesto para dar a notícia aos índios. Enquanto isso, os terena aguardam a comitiva no acostamento da estrada. O mesmo acontece em Miranda, onde outro grupo indígena também bloqueou a estrada.

O trânsito já flui normalmente nas BRs. De acordo com os policiais que acompanharam o ato, a fila de caminhões bloqueados mediu cerca de nove quilômetros. Protesto igual e pelo mesmo motivo ocorreu em 2007, quando os índios fecharam a estrada por três horas.

Alessandra de Souza
Os índios sairam de Sidrolândia e fecharam a estrada que liga MS a MT; manifestou durou 6 horas

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LIÇÕES DA BIBLIA
O céu dos céus
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança