Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Após 4ª morte, agentes podem parar por 24 horas

3 Jul 2006 - 08h21
O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado pode fazer uma nova paralisação de 24 horas em protesto contra os recentes atentados. Subiu para cinco o número de ataques contra agentes penitenciários em menos de uma semana em São Paulo. Quatro morreram. Na noite de ontem, Otacílio do Couto, 40 anos, foi morto quando ia para o trabalho.

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Saulo de Castro, disse à CBN que a polícia está preparada para fazer a segurança nos presídios em caso de greve.

Também neste domingo, em Guarulhos, na Grande São Paulo, o agente Joselito Francisco da Silva foi atacado a tiros em outro atentado, mas nada sofreu.

Na última quinta-feira, os agentes penitenciários dos 144 presídios do Estado de São Paulo fizeram uma paralisação de 24 horas para manifestar a revolta pela morte do agente Nilton Celestino, 41 anos, funcionário do Centro de Detenção Provisória de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Ele foi morto na manhã de quarta-feira a tiros por três homens na porta de casa.

De acordo com a rádio CBN, desde o início dos atentados promovidos pela facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) contra o Estado, em maio, 300 pessoas envolvidas com os ataques foram presas e 100 mortas pela polícia.

 

Invertia

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço