Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 6 de maio de 2021
Busca
Brasil

Aplicação do crédito rural aumenta quase 30%

26 Jul 2010 - 16h02Por Mapa

A aplicação do crédito rural para agricultura empresarial durante a safra 2009/2010 subiu 28,7%, comparando com o ciclo agrícola anterior.

Entre julho de 2009 e junho de 2010, os produtores tiveram acesso a R$ 84,4 bilhões destinados a custeio, comercialização e investimento.

Os dados foram consolidados nesta semana pela SPA/Mapa (Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Somando os recursos liberados para a agricultura familiar, o valor investido na safra 2009/2010 totaliza R$ 95,6 bilhões.

“O resultado é bastante positivo, ainda mais se considerarmos que, no ano passado, houve uma retração dos financiamentos privados por causa da crise financeira internacional”, considera o diretor de Economia Agrícola do ministério, Wilson Araújo.

Médio produtor - Destaque para os desembolsos voltados à classe média rural. No período, foram R$ 3,16 bilhões pelo Proger Rural (Programa de Geração de Emprego e Renda Rural), número 390% superior ao registrado na safra 2008/2009.

A contratação de recursos para investimentos em práticas sustentáveis na lavoura também apresentou desempenho expressivo.

Houve crescimento de quase 200% nas liberações do Programa de Incentivo à Produção Sustentável do Agronegócio  que alcançaram R$ 475,3 milhões no ciclo concluído no mês passado.

Outro financiamento muito procurado pelos agricultores foi o Programa de Sustentação do Investimento , linha de crédito com condições especiais, criada ano passado por conta da crise financeira mundial. Somente para aquisição de máquinas e equipamentos foram desembolsados R$ 4,5 bilhões.

Até então, esses equipamentos eram financiados pelos programas de Modernização da Frota de Tratores, Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota) e de Incentivo à Irrigação e à Armazenagem (Moderinfra).

Araújo lembra que o programa é temporário, mas ainda pode ser contratado até dezembro. Os recursos são financiados em um prazo de 10 anos a juros de 5,5% ao ano.

Nova safra

Desde 1º de julho os produtores agrícolas podem contratar crédito para safra 2010/2011. O PAP (Plano Agrícola e Pecuário) para o novo ciclo terá à disposição do segmento empresarial R$ 100 bilhões.

Para atender aos médios produtores são R$ 5,65 bilhões pelo Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor), sucessor do Proger Rural.

Outra prioridade do governo, o Programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono) tem uma linha de financiamento com R$ 2 bilhões. Outros R$ 16 bilhões serão direcionados à agricultura familiar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo
VIOLAÇÃO
Vereador abre caixão para provar que idoso não morreu de covid; assista