Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
Brasil

Ao Tribunal do Júri, Beira-Mar se declara traficante, não homicida

10 Nov 2009 - 13h37Por Mídia Max

Em uma hora de interrogatório, o narcotraficante Luiz Fernando da Costa, 42, o Fernandinho Beira-Mar, defendeu-se da acusação de ser o mandante da morte de João Morel, em janeiro de 2001, no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima). A primeira parte do júri começou por volta das 9 horas e acabou às 10h. Ele disse que é traficante, mas nunca matou. Beira-Mar criticou ainda a CPI do Narcotráfico.

Indagado pela promotoria sobre se ele conhecia João Morel, Beira-Mar disse que sim, pois morou em Cápitan Bado, no Paraguai, na fronteira com a cidade brasileira de Coronel Sapucaia. Mas, negou que tinha vínculos com Morel.

“Ele (Morel) mexia com contrabando de café e cigarro... Entorpecentes não sabia. Nunca tive negócio com Morel”.

“Soube da morte dos filhos dele. Eu estava fora do País, na Colômbia”.

Na primeira fase do Júri, Beira-Mar diz que hoje no Brasil, o nome dele vende jornal. Sustentou que não há provas de que ele tenha encomendado a morte de Morel.

João Morel era conhecido como Rei da Maconha e a morte teria sido por conta da disputa pelo monopólio nos negócios, conforme a Promotoria.

Sobre a existência do monopólio da maconha na fronteira, o acusado disse que ‘é público e notório que a maioria dos paraguaios vive da plantação da maconha, monopólio não existe. Se for contar quantos vendem, vamos passar o resto da vida aqui. Eu tinha o maior respeito. Não me denunciou que eu saiba era uma pessoa honrada”.

Morel foi morto com onze golpes de chuço (faca artesanal) no peito, costas e pescoço. Odair da Silva disse que matou porque voltou na cela para pegar uma camiseta e não a fechou. Condenado, ele disse à Justiça que Morel o repreendeu chamando-o de `bandido vacilão`e por conta disso o matou. Ele negou que o crime tenha sido encomendado.

Beira-Mar disse que `cachorrinhos`da direção do presídio inventaram que o crime foi uma ordem dele. “Cachorrinho da direção tem mordomia, tem que mentir pra manter certas mordomias”.

Na avaliação de jornalistas que acompanham o julgamento, a defesa de Beira-Mar superou a acusação na primeira rodada do interrogatório.

Sobre as acusações da CPI do Narcotráfico, ele disse que ‘infelizmente as CPIs não são para investigar e sim pra pau político. Nunca estive na fazenda de Morel”.

Júri

Na primeria fase, Beira-Mar respondeu as perguntas das promotoras Bianka Karina Barros e Luciana Rabelo. Os advogados de defesa Luiz Gustavo Battaglin, da Capital, e Welington Correa da Costa Júnior, do Rio de Janeiro, também fizeram perguntas.

Alessandra de Souza

Na segunda fase, a acusação deverá apresentar vídeos da reportagem do Domingo Espetacular que mostra Beira-Mar no Presídio Federal. A defesa pediu para que não fosse exibido. O juiz Carlos Garcete não atendeu o pedido do advogado pra que o material não fosse exibido e acrescentou que a defesa poderá pausar o vídeo e interpretá-lo em seguida.

A matéria, segundo Battaglin, foi uma armação. Beira-Mar disse à defesa que não sabia que o juiz Odilon de Oliveira estava com jornalista e pensou que fosse uma equipe dos Direitos Humanos. "Quem inventou o presídio federal foi um psicopata", reclamou no júri dizendo que a solidão e o rigor fazem parte da fábrica de loucos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América