Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 6 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Anvisa lança sistema para monitorar a infecção em hospitais

10 Set 2004 - 17h05
 

A partir de segunda-feira, hospitais públicos e privados de todo o Brasil contarão com um instrumento informatizado para acompanhar a ocorrência e a gravidade das infecções hospitalares, obtendo indicadores confiáveis e permitindo também a identificação rápida de surtos nos estabelecimentos de saúde. O Sinais (Sistema Nacional de Informação para o Controle de Infecções em Serviços de Saúde) é um programa gratuito desenvolvido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para – em tempo real – obter de forma fácil, ágil e padronizada os indicadores de infecção nos serviços de saúde, alimentando um banco de dados nacional, que será acessível a municípios, estados e governo federal.

Dessa forma, as ações básicas de controle de infecções poderão ser priorizadas de acordo com a realidade local, poupando esforços e potencializando investimentos. No Brasil, poucos hospitais utilizam sistemas informatizados produzidos por empresas especializadas para auxiliar no registro das ocorrências de infecção - a maioria registra os casos manualmente. Com o Sinais, as informações enviadas alimentarão uma base de dados nacional, que permitirá análise dos indicadores de infecção nacionais, discriminados por hospital, município e estado.

O controle das infecções hospitalares constitui um dos maiores desafios do sistema de saúde, dentro da premissa básica de não causar danos aos pacientes. Diversos estudos apontam para a possibilidade de redução de 30% a 70% na ocorrência dessas infecções, identificando os programas de monitoramento como uma das principais ferramentas para esta diminuição. O sistema permite a obtenção de indicadores que consideram os riscos relacionados ao tempo de internação e de exposição a procedimentos invasivos e as características dos pacientes e das unidades de internação.

Além dos indicadores sobre as infecções, o Sinais contribuirá no combate à resistência microbiana, possibilitando a análise do perfil de sensibilidade de todos os microrganismos e o seu acompanhamento por tipo de ambiente ou unidade assistencial. Os treinamentos para uso do Sinais e a metodologia preconizada pelo Ministério da Saúde terão início ainda este ano, abrangendo gestores estaduais e municipais e serviços de saúde com prioridade aos de maior complexidade e risco.

 

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERMPESTADE
Região sul deve ser atingida por outro fenômeno menos devastador que o Ciclone Bomba
LIVE
Mulher de Fábio Porchat aparece pelada em live com Guilherme Boulos
VITIMA DA COVID 19
Antes de morrer de covid-19, jovem manda áudio: ‘Vão desligar os aparelhos’
BRASIL - 64.265 MORTES
Brasil tem 1.577.004 casos de covid-19 diagnosticados
ELEIÇÃO MUNICIPAL 2020
Campanha eleitoral de 2020 deve ser proibido comícios e aglomerações
MORTES POR COVI-19
Mãe e filha morrem vítimas da Covid-19 em intervalo de três dias
PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
BORA PRA BONITO - MS - REABERTO
Hotel Águas de Bonito reabre com segurança e estrutura proporcionada para o aconchego em Bonito (MS)
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus