Menu
SADER_FULL
sábado, 6 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Anvisa fecha farmácias que venderiam Viagra falso

20 Mar 2007 - 08h10

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou duas farmácias em João Pessoa (PB) por suspeita de estarem comercializando Viagra falsificado. Na tarde de segunda-feira, os fiscais apreenderam 11 caixas de Viagra e remédios para impotência sexual Levitra, Cialis e Vigomed supostamente falsos. Os estabelecimentos foram fechados durante uma operação conjunta da Anvisa, Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa), Vigilância Sanitária do Município e Receita Federal.

As duas farmácias, localizadas no centro e no bairro de Manaíra, foram interditadas inicialmente pelo período de 90 dias. Durante esse prazo, a Anvisa vai realizar exames em laboratório no medicamento apreendido para comprovar se houve falsificação do medicamento.

A chefe da Vigilância Sanitária do Município, Jailma Porto, explicou que a Anvisa havia comunicado desde o ano passado que um lote falso do Viagra estaria sendo vendido nas farmácias do País. Denúncias feitas ao órgão municipal apontavam que os dois estabelecimentos comercializavam o produto irregular.

"Quando chegamos aqui perguntamos se havia lotes de Viagra e a resposta dos funcionários foi que não", relatou ela, acrescentando que os fiscais pediram para verificar o cofre das farmácias e encontraram algumas caixas de Viagra e de outros medicamentos para impotência sexual.

Um teste foi realizado na fita reativa (uma tarja laranja existente nas caixas dos remédios que permite averiguar o selo do fabricante). No material apreendido nas farmácias apenas um selo cinza apareceu quando as fitas foram raspadas.

O gerente da farmácia e a farmacêutica de plantão foram levados para a Delegacia de Crimes Contra a Ordem Econômica, onde prestaram depoimento. Eles disseram que os remédios estavam no cofre por questão de segurança, já que são os mais visados por assaltantes.

Segundo o advogado da rede de farmácias à qual pertenciam os estebelecimentos fechados, Walter Agra, a medicação aprendida possui notas fiscais e que vão ser apresentadas aos órgãos responsáveis pela apreensão do medicamento. Ele justificou que a matriz da rede de farmácias fica na cidade de Campina Grande e que a documentação será trazida de lá.

Agra acrescentou que a alegação de que o Viagra e os outros medicamentos para impotência sexual são falsos não pode ser comprovada porque para isso é preciso um laudo técnico.

 

 

Terra Redação

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
100 ANUNCIOS
Covid-19: Bolsonaro ordenou atrasar boletins para não passar em telejornais
AUXILIO EMERGENCIAL
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
3º EM NÚMERO DE VÍTIMAS
Com recordes seguidos, Brasil passa dos 34 mil mortos por coronavirus
COVID-19
Micro e pequenas empresas terão acesso a crédito facilitado
VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300