Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Anvisa é primeiro órgão público a lançar Carta de Serviços

12 Nov 2009 - 17h25Por Agência Brasil

A partir de hoje, o consumidor terá uma nova ferramenta para esclarecer dúvidas no que se refere às inspeções realizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Trata-se da Carta de Serviços lançada hoje (12), na sede da instituição em Brasília.

O Decreto nº 6.932, de 11 de agosto de 2009, estipula que todas as instituições públicas federais elaborem uma carta de serviço com informações que esclareçam o público em relação às atividades prestadas, aos compromissos e padrões de qualidade de atendimento populacional. A Anvisa foi o primeiro órgão público a aderir à iniciativa.

A chefe da Assessoria de Planejamento da Anvisa, Haley Almeida, afirma que o documento é uma forma de sociabilizar a informação ao público.

“O lançamento desta carta é uma maneira de buscar melhorias e contribuir para mudanças na administração pública. Nós, da Anvisa, sabemos cuidar de nossas inspeções em qualquer aspecto, seja produto ou serviço. A partir desse manual teremos um novo canal direto para atuar junto ao nosso público”, declara.

O diretor presidente da Anvisa, Dirceu Raposo, relata que a cartilha foi consolidada a partir do trabalho que a instituição produz.

"O conteúdo foi construído internamente, mas observando a interlocução dos trabalhos externos, as experiências das agências e as demandas que chegam a nós. Com isso, foi possível criar um documento claro e objetivo para atender às necessidades do público", destaca o diretor presidente.

Os servidores da Anvisa e de outras instituições que estiveram no evento de lançamento do documento receberam uma Carta de Serviços. A previsão é que o material esteja disponível no site da Anvisa a partir de amanhã (13).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado