Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

André Puccinelli injetou mais recursos que o previsto no PAC

27 Ago 2010 - 12h49Por Fátima News

Quando André Puccinelli assumiu o Governo, em 2007, o Mato Grosso do Sul era um dos únicos estados não incluídos no Programa de Aceleração e Crescimento – PAC do Governo do Federal, o programa que é o “xodó” do Presidente Lula e que alavanca a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República. “Não havia nenhum projeto neste sentido. Incluir o Estado neste programa foi nosso primeiro e grande desafio. Tivemos que sensibilizar o presidente Lula por meio de projetos bem elaborados”, lembrou o governador esta semana, em seu programa de TV, diante do surgimento de tantos “pais” para as obras que estão sendo implantadas no Estado. Seis meses após assumir o governo André conseguiu “arrancar” R$ 345 milhões em obras para o Estado.

 

Inicialmente foram beneficiados os municípios de Campo Grande, Dourados e Corumbá, com projetos nas áreas de saneamento básico e habitação. Em seguida, a equipe do governador apresentou projetos incluindo a maioria dos municípios do Estado, beneficiando mais de 700 mil pessoas, atendendo inclusive as comunidades residentes nas aldeias e quilombolas. “Fizemos a nossa parte, aplicamos corretamente os recursos federais e a contrapartida do Governo do Estado. Com bons projetos mostramos que o trabalho e competência falaram mais alto que as diferenças políticas”, lembrou o governador.

 

No dia 31 de julho de 2007, o presidente Luis Inácio Lula da Silva visitou Campo Grande para formalizar adesão do Mato Grosso do Sul ao programa, coroando assim o esforço de André Puccinelli, reconhecido pelo próprio Lula, também no programa de TV do horário eleitoral.  “Puccinelli conquistou a independência política há muito tempo. O que nós precisamos entre nós é uma relação política com “P” maiúsculo, e ele sabe defender os interesses do Estado como está fazendo aqui”, afirmou o presidente Lula naquela ocasião, em reconhecimento ao trabalho do governador.

 

Corumbá

 

Em muitas obras iniciadas com recursos do PAC, o governador decidiu investir muito mais do que era previsto na contrapartida do Estado, superando o recursos do Governo Federal. Foi o caso do município de Corumbá. Os projetos executados na área de saneamento básico somam R$ 88,5 milhões em redes de água e esgoto, sendo R$ 43,5 milhões do PAC e R$ 45 milhões do Governo do Estado. Situada no coração do Pantanal, visitada por milhares de turistas estrangeiros, a cidade vinha sendo degradada devido à falta de uma política de preservação do meio ambiente, com o esgoto sendo despejado a céu aberto, poluindo o Rio Paraguai, um dos mais piscosos do Brasil.

 

Preocupado com o ecossistema da bacia pantaneira e com a saúde do corumbaense, o governador André Puccinelli , com este reforço de investimentos, está garantindo a  maior obra pública da história da cidade, que possui 231 anos, garantindo uma vida saudável para seus habitantes e gerando milhares de empregos. Até o final do ano, o município - que estava totalmente desprotegido com relação ao esgoto produzido na cidade, poluindo o Rio Paraguai - passará a contar com 263 quilômetros de rede de esgoto, o que representa 80% de cobertura do território da área urbana.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral