Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

André e deputados se reúnem com Enersul segunda-feira

31 Mar 2007 - 10h28

O governador André Puccinelli (PMDB) e os 24 deputados estaduais devem se reunir com a Enersul ( Empresa Energética de Mato Grosso do Sull) na segunda-feira, para sensibilizá-la a não repassar aos 690 consumidores, distribuídos em 73 municípios, o reajuste na tarifa de energia. O percentual será anunciado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) na próxima terça-feira. A concessionária solicitou 21%.

De acordo com o deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), o objetivo é convencer a empresa a suspender o reajuste até o levantamento, dos deputados e do Governo estadual, junto com a Aneel, da composição da tarifa de energia. Os deputados e o governador vão alegar que não dá mais para conceder novo reajuste porque a tarifa já é a mais cara do País e a 6ª maior do mundo.

"Queremos índice zero de aumento", afirmou o deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB). Ele criticou a empresa, que havia dito aos deputados que não solicitou reajuste, mas acabou protocolando o pedido de 21%. "A empresa agiu de má fé", frisou Rinaldo.

CPI - Em última instância, os deputados estaduais são unânimes em defender a abertura de nova CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar o motivo da tarifa sul-mato-grossense ser a mais cara do País. O pedido sofrerá alteração, em relação ao feito no ano passado, que resultou na comissão suspensa por liminar do Tribunal de Justiça.

De acordo com Rinaldo e Júnior Mochi, a CPI da Enersul, criada no ano passado, teria o objetivo de fiscalizar a concessionária, competência da Aneel. A nova proposta, que deverá ser aprovada, será para investigar a Empresa Energética.

 

 

Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 22.666 MORTES
Brasil tem mais 653 mortes, e vítimas da covid-19 no país chegam a 22.6
EMOCIONANTE - VIDEO
Esposo toca sanfona para esposa no hospital após ela receber alta de covid-19
ELEIÇÕES 2020?
Talvez seja inevitável adiar eleições municipais, diz Barroso
BRASIL 22.165 MORTES
Covid 19: Brasil tem mais de 22 mortes e 341 mil casos
FEMINICÍDIO
Homem mata a própria companheira por causa do auxílio emergencial
ESTRAGOS DO MORO
Veja os principais pontos da reunião ministerial que teve gravação divulgada pelo STF
ENEM
Enem 2020 é adiado por causa da Covid
SOB INVESTIGAÇÃO
Delegado diz que namorada viu mensagens no celular atirou nele e se matou
VITIMA DA COVID 19
Edivaldo perdeu o filho de 26 anos: 'Falaram que em 15 dias ele já estaria recuperado'
3º EM NUMERO DE CASOS
Brasil passa de 19 mil mortes e 296 mil casos de coronavirus; veja por Estado